Prefeitura Municipal de Macaé

Casa Civil

Macaé defende manutenção de aeroporto em pacote de aviação

2018-07-04 12:15:00 - Jornalista: Divulgação
Compartilhe:  
Foto: Assessoria de Imprensa
Em encontro com presidente Temer, representantes de Macaé reforçaram a importância do aeroporto para a logística econômica estadual

O secretário Adjunto Leandro Gama e o consultor Hélio Batista dos Santos Filho, ambos do Gabinete do Prefeito de Macaé, Dr. Aluizio, participaram, na terça-feira (3), em Brasília (DF), de reunião com o presidente Michel Temer. O objetivo foi reforçar a posição do governo municipal da importância da manutenção do aeroporto de Macaé na licitação do bloco Sudeste de aeroportos.

O presidente Michel Temer garantiu que o edital será mantido com os aeroportos de Macaé e de Vitória (ES). O governador Luiz Fernando Pezão e o deputado Christino Áureo participaram do encontro e também destacaram a necessidade do leilão para a região e o estado.

A dúvida sobre a manutenção de Macaé no leilão se deu porque o governador do Espírito Santo, Paulo Hartung, enviou ofício ao ministro dos Transportes, Valter Casimiro, solicitando que o aeroporto de Macaé fosse excluído da licitação.

A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) já iniciou o processo de concessão do bloco Sudeste. A proposta inclui o aeroporto de Macaé e o de Vitória em um bloco único, com valor de outorga de R$ 644 milhões e garantia de 30 anos de exploração para a empresa vencedora do leilão.

O governo municipal acredita que a presença do aeroporto de Macaé neste pacote da aviação do Sudeste vai contribuir com a retomada, já em andamento, do desenvolvimento econômico local, puxado pela indústria do petróleo. Essa revitalização, impulsionada em campanhas como "#Bacia de Campos, é preciso investir" e "#menos royalties, mais emprego", também é comemorada pela volta do calendário dos leilões: a segunda e terceira rodadas do pré-sal (2017), a quarta do pré-sal (2018) e a 14ª rodada de licitações de petróleo e gás no pós-sal (2017). Em março desde ano, foi realizada a 15ª rodada de licitações do pós-sal: a bacia liderou o ranking com R$ 7,5 bilhões dos R$ 8 bilhões arrecadados em bônus de assinatura na contratação de nove blocos.

A reunião também contou com a presença de Aristóteles Clinton da Silva Santos e Antonio Severino dos Santos, da ACIM/Macaé; Guilherme Braga de Abreu, do Convention & Business Bureau; Vitor Paulo Peixoto da Silva, da Rede Petro-BC; Evandro Capistrano Cunha, presidente da Comissão Municipal da Firjan; Marcio Santiago de Oliveira, do Convention & Business Bureau Brasil; Leandro Souza Luzone Lima, secretário executivo da IADC BRAZIL.

+ Mais Notícias