Royalties impulsionam o progresso

Os royalties pagos pela Petrobras pela exploração do petróleo são os principais responsáveis pelas obras de infra-estrutura do município, como saneamento básico e malha viária. A verba corresponde a cerca de 50% do orçamento municipal. Os royalties estão sendo investidos para preparar a cidade para o futuro.

Entre as obras realizadas com os recursos dos royalties está o investimento de R$ 240 milhões em saneamento e drenagem, que será feito nos próximos cinco anos. A prefeitura também investiu R$ 12 milhões na construção da Cidade Universitária, que funcionará em parceria com universidades públicas e privadas. A primeira fase de obras, com dois prédios, já está pronta. Ao todo, o complexo terá capacidade para atender a três mil alunos por dia. O município também investe na construção de salas de aula e em novas escolas, como a Escola Municipal Elza Ibrahim, no bairro da Ajuda.

Na área da Saúde, a prefeitura construiu o Hospital Geral da Serra, no distrito do Trapiche, e está construindo o Hospital da Mulher, voltado para o planejamento familiar. Outra obra de infra-estrutura que está sendo feita com a verba dos royalties é a Avenida Industrial, que vai desviar o tráfego de veículos pesados no Centro da cidade, absorvendo o fluxo que vem do Norte do estado e do Espírito Santo.

Depois de anos sem investimentos, bairros da periferia de Macaé estão ganhando cara nova, com obras de infra-estrutura completa, também pagas com parte dos recursos do petróleo. O projeto Bairro Feliz já está atendendo aos moradores do bairro Lagomar, que está recebendo R$ 29 milhões em obras. Outros bairros beneficiados com obras são o Novo Botafogo e Fronteira. Na área de habitação, com verbas dos royalties e parceria com a Caixa Econômica Federal, a prefeitura construiu 307 casas populares, destinadas a famílias que viviam em áreas de risco.

Em parceria com a Caixa Econômica Federal, Macaé pratica o maior investimento em habitação do interior do país, no valor de R$ 89 milhões para a construção de unidades habitacionais até 30 de dezembro de 2008. Para o próximo ano, dentro do programa de habitação do município serão construídos 496 apartamentos no condomínio Bosque Azul, 112 apartamentos para servidores e a implantação do projeto de loteamento popular.

 

Outras obras feitas com os recursos dos royalties:

- Construção da Linha Azul
- Construção da sede Nupem
- Projeto recuperação ambiental Praia do Pecado e Lagoa Imboassica
- Aquisição de equipamentos estação tratamento esgoto
- Construção de seis terminais rodoviários
- Coleta de lixo, limpeza urbana, manutenção de praças e jardins
- Construção Centro Convivência do Idoso (em andamento)
 

Busca

Acesso Rápido

Transparência Macaé

Destaque