Prefeitura Municipal de Macaé

Secretaria Municipal de Cultura

CriaSana celebra 10 anos

2018-07-03 11:37:00 - Jornalista: Andréa Lisboa
Compartilhe:  
Foto: Raphael Bózeo
Arte, frio e o charme da Serra fomentam identidade cultural do Sana

Para turistas e moradores da região Serrana de Macaé, há um lugar de passagem quase obrigatória para quem vai ao Sana, distrito de natureza exuberante, com cachoeiras para os dias ensolarados e com noites para quem gosta do frio. Este destino certo é o polo cultural CriaSana, que tem entrada franca e é localizado bem no centro do arraial. No CriaSana, que está comemorando 10 anos de existência, teve bolo e festa, no sábado (30), quando foram lembradas muitas histórias de sucesso.

- Celebramos um espaço que respira cultura e de várias vertentes, com a intenção de que venhamos a comemorá-lo por muitos anos. Porque o Sana tem um potencial turístico grande e com o CriaSana conseguimos contemplar tanto visitantes, quanto moradores -, disse o secretário de Cultura, Thales Coutinho.

O administrador do CriaSana, Fausto Andrade, vê a feira de artes como uma conquista coletiva de sucesso. Andrade conta que ela foi idealizada a partir de uma reunião proposta por ele aos moradores, em 2007, com o objetivo de reordenar o distrito, qualificando o turismo em prol da comunidade e para atrair público apreciador das artes. Assim foi criada a Associação dos Artesãos e Artistas Plásticos do Sana (Sanarte). Com apoio da prefeitura para a aquisição do espaço, foi inaugurado em 28 de junho de 2008 o CriaSana. “No Sana, se você sacudir uma árvore cai um artista. Nestes 10 anos à frente deste projeto tenho como minhas principais causas: a arte, a cultura e a comunidade. O que atrai o turista ao Sana é o calor humano e o respeito. Respeito ao turista, ao nativo do Sana e à natureza. Esta é a palavra chave”, ressaltou Fausto.

As noites no distrito são sempre animadas pela arte de muitas vertentes: plástica, circense, mística, artesanal e musical para todos os gostos - do canto lírico ao forró de pé de serra.

Gerido pela Secretaria Municipal de Cultura, o CriaSana disponibiliza boxes de vendas para artesãos, artistas plásticos e empreendedores solidários do distrito. No polo acontecem ainda oficinas de artes e esporte para moradores do distrito e do entorno. Miriam Schenguer, professora de Canto da Escola Municipal de Artes (Emart), atua no CriaSana e no Polo de Cultura da Serra, em Glicério. Miriam também colabora com os arranjos vocais e vozes do grupo ‘Saia de Samba’, a primeira atração da noite comemorativa. Ela também auxilia no preparo vocal e respiratório das cantoras. "Os visitantes do CriaSana também costumam apreciar os ensaios do Coral do Sana (Emart). Os turistas assistem às nossas aulas e admiram", frisa Miriam.

O ‘Saia de Samba’ faz uma roda de samba só com mulheres, mesclando canções centenárias com as de raiz e clássicos da MPB. O grupo, que eventualmente se apresenta no CriaSana, prepara um projeto de shows mensais no espaço. Em seguida, o palco-picadeiro ficou com ‘O Circo a Céu Aberto’. Este show circense para todas as idades acontece todos os sábados, às 19h, com contribuição consciente (chapéu). Ele é coordenado pelo instrutor de oficina de Arte Circense da Secretaria de Cultura, no CriaSana e no Polo de Cultura da Serra, em Glicério, Fabiano Freitas (palhaço Peter Crash). Na noite comemorativa, ‘O circo a céu aberto’ apresentou o convidado malabarista e palhaço Pirilampo, do município de Nova Friburgo. O ‘Saia de Samba’ e o ‘Circo a Céu Aberto’ cativaram o público. A noite contou ainda com a banda Crias do Sana, com Maurício e Eliezer, que botou o público para dançar.

Público em festa - Rafaela Lagoa, moradora do bairro Ajuda de Baixo, achou o ‘Saia de Samba’ um grupo muito entrosado. “Gostei muito. O CriaSana é importante como atração cultural para o distrito. É o coração do Sana”. Também Michelle Pinheiro Ferreira, de Araruama, destacou a importância de se encontrar atrações no CriaSana. “É muito prazeroso aproveitarmos música de boa qualidade como esta. Muito interessantes as apresentações e especialmente por estarmos todos convidados para cantar parabéns com este lindo bolo pelos 10 anos do CriaSana", assinalou.

Ainda Maria Arith Ferreira, 84 anos, de Iguaba Grande, que recebeu o primeiro pedaço do bolo de aniversário na plateia, disse: “Gostei das apresentações e do aniversário sendo comemorando com todos. Muito bom mesmo!”. Já a moradora do Sana, Maria Edila Pinheiro, destacou que as atrações culturais atraem um público específico. “A cultura é algo muito bom para o Sana: a dança, o circo, o teatro. É importante também para os moradores termos isto perto, acessível para as crianças irem criando hábito desde cedo”, salientou.

+ Mais Notícias