Prefeitura Municipal de Macaé

Secretaria Adjunta de Ensino Superior

Feira do Conhecimento: educação, artes e ciências

2016-12-10 18:10:00 - Jornalista: Elis Regina Nuffer
Compartilhe:  
Foto da mostra de robótica da feira.
Foto: Guga Malheiros
Programação tomou conta da Cidade Universitária e segue até as 21h deste sábado (10)

Foram três dias de conhecimento com muitos significados. A Feira do Conhecimento de Macaé levou o público a protagonizar momentos que vão ficar como aprendizado num intercâmbio de saberes múltiplos diante das mensagens dos livros apresentados em contações de histórias, em bate-papo com os autores, nas atrações musicais e de poesia, frente a frente com os robôs no Torneio de Robótica First Lego League (FLL), diante de assuntos para a reflexão no Encontro em Humanidades e no contato com o time do Basquete Macaé, presente o tempo todo no evento. As atividades deste mundo do conhecimento se encerram neste sábado (10), às 21h.

- A missão da primeira Feira do Conhecimento foi permitir que todos conhecessem o que é produzido em nossa cidade. Através do saber, certamente promoveremos um mundo melhor para as próximas gerações. Reconhecer a vida pela educação, como único e principal meio para criar uma sociedade mais justa, em um mundo melhor, com todas as suas potencialidades e sonhos foi o que exercitamos nestes três dias. Estamos hoje para agradecer a quem passou por aqui, àqueles que participaram e permitiram que esse nosso bom encontro acontecesse. Fica a certeza de que teremos ainda mais força para continuar a contar e encantar a cidade, porque afinal, é hora de mostrar conhecimento! - avaliou o presidente da Fundação Educacional de Macaé (Funemac), Gleison Guimarães.

O trabalho incansável da equipe Funemac teve à frente Sandra Matsmura, coordenadora da Editora Funemac.

- A primeira Feira do Conhecimento de Macaé foi a semente lançada para que a propagação do conhecimento se frutifique e seja a primeira de muitas para que a população macaense compreenda que a sua maior riqueza é o saber - destacou.

A Feira apresentou projetos de educação, ciências e tecnologias em meio a palestras, shows de jazz, MPB, dança do ventre com a bailarina oriental Sheilla Iman e talk-show com a cantora Kynnie Williams, que participou do The Voice Brasil, coral, balé e tudo o que o público gosta de ver num só espaço. O evento contou com a participação de empresas com demonstração de seus produtos e serviços e apresentação de trabalhos acadêmicos de alunos das Instituições de Ensino Superior (IES) que compõem a Cidade Universitária: FeMASS, UFF e UFRJ.

A gastronomia temática reuniu o público em torno dos food trucks e bikes food e houve a realização de Poesia Gourmet premiando alunos do Torneio de Robótica. Um book truck e a biblioteca móvel levaram edições de livros a preços camaradas para todo o público. Autores macaenses e de fora relançaram seus livros e contaram histórias.

Depois de todo esse conhecimento produzido e compartilhado, a feira chegou ao fim. Fim? A ideia é que a Feira do Conhecimento seja anual e a segunda edição comece a ser elaborada. A realização foi da Funemac em parceria com a Agência de Trabalho e Renda (Agebrab), Fundação Macaé de Cultura (FMC) e outros órgãos municipais, com colaboração da iniciativa privada. O Torneio de Robótica foi em parceria da fundação com a Secretaria Municipal de Educação (Semed) e o Encontro em Humanidades foi realizado pela UFRJ e UFF também em parceria com a Funemac.

+ Mais Notícias
Busca

Destaque