Prefeitura Municipal de Macaé

Secretaria Adjunta de Habitação

Prefeitura entrega simbolicamente mais 448 unidades no aniversário da cidade

2017-07-20 11:38:00 - Jornalista: Equipe Secom
Compartilhe:  
Foto da fachada do prédio finalizado.
Foto: Ana Chaffin - Arquivo Secom
Residencial recebeu o nome de Conjunto Habitacional Prefeito Carlos Emir

O maior empreendimento residencial de Macaé, o Bosque Azul, passa a se chamar Conjunto Habitacional Prefeito Carlos Emir, em homenagem ao ex-prefeito da cidade (77 e 93). A lei 4.369/2017, que nomeia o local, foi sancionada este mês pelo prefeito Dr. Aluizio. O espaço será palco das comemorações do aniversário da cidade que, no dia 29 de julho, receberá mais 448 famílias beneficiadas.

Situado na Rua Projetada, na Ajuda, o projeto do Conjunto Habitacional conta com um total de 2.208 unidades, resultado de convênio entre a prefeitura e o governo federal, para atender a demanda por moradias populares, fazendo parte dos Programas Minha Casa, Minha Vida/Habitar Legal.

As unidades têm o objetivo de beneficiar famílias cadastradas para remoção e que vivem em área considerada de risco ou aquelas da demanda espontânea (pessoas que atendem aos requisitos do programa como, por exemplo, renda de um R$ 1,8 mil). Outro grande objetivo é diminuir a segregação socioespacial, bem como o déficit habitacional, oferecendo possibilidade de acesso a moradia com dignidade.

As primeiras unidades entregues atenderam as famílias removidas da Ladeira de Santana, que tiveram suas residências interditadas pela Coordenadoria de Defesa Civil por conta das fortes chuvas no município em 2013. Também já foram beneficiados residentes em área do antigo lixão, na localidade de Águas Maravilhosas, mantendo a proposta de que os novos condomínios sejam ocupados por áreas ou blocos, visando manter a vivência familiar e a vizinhança do território onde as famílias moravam.

Os apartamentos foram construídos em blocos, com 16 unidades por bloco. Os apartamentos têm 40 metros quadrados, dois quartos, sala, cozinha, banheiro e total acessibilidade a portadores de deficiências físicas. As quadras têm infraestrutura de esgotamento sanitário e águas pluviais; asfaltamento; calçadas e iluminação pública.

Cada quadra contém um Centro Comunitário e dois cômodos para recolhimento do lixo, reciclável e comum. A área externa toda gramado. Os equipamentos públicos começam a ser construídos no entorno do condomínio, que vem se transformando num novo bairro, com área doada pelo município.

A entrega simbólica do dia 29 de julho contemplará 160 famílias do Lagomar, 288 dos cadastrados da demanda espontânea, além de moradores do Águas Maravilhosas. Ao todo, o município, em parceria com o governo federal, já entregou as chaves de 1.040 imóveis.

+ Mais Notícias