Prefeitura Municipal de Macaé

Secretaria de Infraestrutura

Beneficiados do Minha Casa, Minha Vida assinam contrato

2018-01-25 15:18:00 - Jornalista: Tatiana Gama
Compartilhe:  
Foto de mulher assinando contrato
Foto: Rui Porto Filho
Assinatura do contrato aconteceu no Paço Municipal

A dona de casa Ana Paula Monteiro, 34 anos, mãe de três filhos, foi a primeira candidata a assinar o contrato, nesta quinta-feira (25), de mais uma etapa do programa Minha Casa, Minha Vida. Ela e outros 95 convocados estão próximo da concretização do sonho da casa própria.

"Moramos em um cômodo e quando recebermos as chaves será uma felicidade que sempre sonhamos. Cada um vai ter sua privacidade, além de sairmos de área de risco", afirmou Ana Paula, que irá sair, em breve, do bairro Águas Maravilhosas para o Conjunto Habitacional Prefeito Carlos Emir (Bosque Azul).

Os beneficiários, que já realizaram a vistoria da sua unidade habitacional junto ao agente financeiro, participaram do último sorteio, realizado no Centro de Convenções, no dia 8 de dezembro, para escolha dos endereços, com quadra, bloco e apartamento.

A assinatura do contrato, promovida pela Secretaria Adjunta de Habitação e pelo Fundo Municipal de Habitação de Interesse Social, aconteceu no Paço Municipal nesta quinta-feira (25). Quem não compareceu nessa primeira convocação deve procurar a Secretaria de Habitação no prazo máximo de 30 dias, sempre as terças e quartas-feiras. A sede do órgão está localizada na Rua Marechal Rondon, 390, Miramar. É necessário levar os documentos do titular e cônjuge (se houver): RG, CPF, comprovante de Estado Civil, como Certidão de nascimento, casamento, óbito ou declaração de união estável.

A secretária adjunta de Habitação, Tânia Jardim, afirmou que o próximo encontro será para formatar a mudança, em conjunto, com as famílias beneficiadas. Ela acrescenta que o programa já entregou 1.488 unidades habitacionais e restam 720, sendo que 50% desse total tem processo em andamento.

"O governo está empenhado em agilizar todo o processo para que essas pessoas possam ter uma moradia digna e com toda infraestrutura", disse a secretária, acrescentando que ainda não há data marcada para a entrega das chaves.

Os beneficiados foram avaliados em critérios estabelecidos como renda de até R$ 1,8 mil; não possuir e não ter possuído outro imóvel em seu nome; viver em Macaé há pelo menos três anos ou ter vínculo empregatício na cidade.

Para a dona de casa Carmen Lúcia da Silva, 55 anos, a nova moradia representará renovação. "Atualmente moro com minha filha e a oportunidade de ter meu espaço é gratificante", frisou.

+ Mais Notícias