Secretaria de Infraestrutura

Moradores do Bosque Azul recebem agência móvel de energia

2019-08-29 14:33:00 - Jornalista: Mônica Braga
Compartilhe:  
Foto: João Barreto
Agência Móvel buscou solucionar problemas dos beneficiários

Os moradores do Conjunto Habitacional Prefeito Carlos Emir receberam, nesta quarta-feira (28), atendimento da concessionária Enel, que disponibilizou uma agência móvel no local. Ação é decorrente de solicitação da equipe da Secretaria Adjunta de Habitação, que teve como base o Projeto de Trabalho Social (PTS), com objetivo de levantar questões sobre a pós moradia e solucionar problemas apresentados pelos beneficiários.

Segundo a representante do Programa Social da Enel, Aldilane Barreto, além da orientação sobre o uso adequado e consciente de energia, também estão a troca de lâmpadas florescentes por lâmpadas led, orientação sobre o trabalho prestado pela concessionária, desperdícios de energia elétrica, sorteios de brindes e tarifa baixa renda.

“O consumo consciente envolve iniciativas importantes que são as visitas domiciliares, palestras e oficinas. Sobre a tarifa baixa renda, há a identificação de famílias que necessitam dela e, no local, agilizamos o que precisa para a análise da conclusão do serviço”, explicou Aldilane aos beneficiários.

A tarifa baixa renda para os beneficiários é um dos objetivos do governo municipal. "Esse trabalho faz a diferença. A equipe da Habitação mobiliza de acordo com a necessidade do morador, sinalizada no acompanhamento pós morar, e solicita a vinda de profissionais e órgãos competentes para facilitar o atendimento a essas famílias. A educação consciente do uso de energia e a tarifa social baixa renda são essenciais para colaborar com melhor qualidade de vida dos moradores, sendo nosso principal objetivo, o bem-estar dos beneficiários em sua nova unidade habitacional", pontuou a secretária adjunta de Habitação, Tânia Jardim.

Para Elizabeth Fernandes, essa ponte da Secretaria de Habitação com os serviços prestados é fundamental. "Toda mudança de hábito assusta, mesmo sendo para melhor, e tendo os serviços ao nosso alcance, só tenho que agradecer. Tirei minhas dúvidas e aprendi com as instruções", disse.

Eliane Gonçalves frisou a oportunidade da tarifa baixa renda. "Estou muito feliz com essa oportunidade. Estamos numa casa boa e tendo condições de mantê-la é muita satisfação para minha família", finalizou.

Os profissionais da Secretaria Adjunta de Habitação continuarão o acompanhamento pós morar, baseando-se no PTS, e reunindo-se com moradores periodicamente, levantando questões, além de procurar solucioná-los com a mobilização do órgão e profissionais de acordo com o contexto da demanda apresentada.

+ Mais Notícias