Dia Mundial de Conscientização do Autismo terá piquenique e filme

2019-04-01 17:25:00 - Jornalista: Equipe Secom
Compartilhe:  
Foto: Arquivo Secom
Piquenique será realizado na Praia da Imbetiba, nesta terça-feira (2)

Nesta terça-feira (2), ocorre o Dia Mundial da Conscientização do Autismo. O Centro de Atenção Psicossocial Infanto-Juvenil Oficina da Vida (Capsi) promove nesta data piquenique com as famílias de seus pacientes: crianças e adolescentes, com idades de um a 18 anos. O evento será às 8h30, na Praia de Imbetiba, em frente ao parquinho. Seu maior objetivo, além de promover a conscientização, é mostrar que o tratamento não ocorre apenas com muros fechados no espaço do órgão público, mas também fora.

Segundo a coordenadora do Capsi, Yasmin Morinigo, as pessoas que estiverem passando e verem o grupo na atividade de lazer ainda terão oportunidade de vencer preconceitos contra aqueles que sofrem com deficiência psíquica, emocional e psicológica.

O Capsi Oficina da Vida atende cerca de 200 crianças e adolescentes, por meio de trabalho de equipe multidisciplinar. Esta é constituída por psicólogos, psiquiatra, assistente social, fonoaudiólogos, terapeuta ocupacional, musicoterapeuta, fisioterapeuta, enfermeiro e técnico de enfermagem.

"Na verdade as pessoas que forem ao piquenique, o farão para se encontrar. Todas as famílias de nossos assistidos foram convidadas", conta Yasmin, acrescentando que no Capsi se trata de autismo, psicose, neuroses graves e vulnerabilidade social do público infanto-juvenil. Mais informações no endereço Rua Dr. Francisco Portela 239, ou pelo telefone 2796-1352.

Solar dos Mellos

Neste mesmo dia, haverá às 19h, no Solar dos Mellos, o ‘Curta no Museu’ do mês, apresentando no auditório Washington Luis o documentário ‘Vinícius, Vinícius’, que tem como protagonista um ator autista de Quissamã. A direção do filme e também a de fotografia é da premiada cineasta macaense Fran Mattoso. Este seu mais recente curta-metragem já foi reconhecido como o melhor documentário, melhor fotografia e melhor direção, com prêmio no Bali Film Awards. Os produtores do curta e a médica neuropediatra, Lívia Lobo, participarão da Roda de Conversa após a exibição. A entrada é franca.

Caso haja lotação na primeira apresentação, às 19h, o filme será repetido. O auditório tem capacidade limitada a 35 pessoas. A Roda de Conversa pretende discutir sobre conscientização do autismo. Já nesta semana começaram as ações mobilizadas pelo grupo Motivados pelo Autismo Macaé (Mopam). O grupo, criado por Carol Mizurine, mãe do Heitor (5), e por Lúcia Anglada, mãe do Lucas (17), foi implantado em 2017. O Solar dos Mellos fica na Rua Conde de Araruama 248, no centro da cidade. O telefone é 2759 5049.

No dia 9, o Solar dos Mellos receberá o Lançamento do Livro DNA da Educação: a Musicoterapia como Intervenção Terapêutica às 19h com a participação da Musicoterapeuta Dinalva e da escola de música, TOM.


Busca

Acesso Rápido

Destaque