Educação inicia eleição dos Conselhos nas escolas

2019-08-07 12:16:00 - Jornalista: Joice Trindade
Compartilhe:  
Imagem
Foto: Rui Porto Filho/Arquivo Secom
Com o trabalho, pais, alunos e profissionais poderão sugerir, opinar, fiscalizar e seguir a rotina das escolas

Pais ou responsáveis dos alunos da rede municipal poderão, neste segundo semestre letivo, melhor acompanhar e interagir com a escola, através dos Conselhos Escolares. O processo de eleição dos conselhos prossegue nesta quarta-feira (7) na Escola Municipal de Educação Infantil Nossa Senhora da Conceição. O cronograma segue nas seguintes unidades: Amcorin (dia 12); Mai Carmem de Jesus França (13); Professora Ana Cristina Ferreira Azarany Almeida (16); Leda Maria Lêdo Esteves (20); Dr. Juventino da Silva Pacheco (21) e Professora Maria das Dores de Souza (28).

Com o trabalho, a comunidade escolar (pais, alunos e profissionais) pode sugerir, opinar, fiscalizar e seguir a rotina e ações pedagógicas, administrativas e financeiras das escolas municipais. Até o mês de dezembro serão promovidas eleições em 34 unidades de ensino. Macaé se destaca pela instituição dos Conselhos Escolares na região. O objetivo dos Conselhos é servir de apoio à direção das escolas municipais. A rede conta com 1,2 mil conselheiros, entre titulares e suplentes.

Segundo o secretário de Educação, Guto Garcia, os Conselhos Escolares de Macaé seguem o Plano Nacional de Educação. "O plano prevê o fortalecimento de conselhos escolares. A participação efetiva dos conselhos escolares garante aos integrantes a participação em questões como planejamento, execução, acompanhamento e gerenciamento do repasse financeiro para verbas federais, municipais ou próprias", observa.

No decorrer desta última semana, a eleição também foi realizada na Escola Celita Reid Fernandes (Aeroporto) e Escola Municipal de Educação Infantil Maria Angélica de Oliveira das Dores (Lagomar). De acordo com a equipe de Gestão das Unidades Executoras/Conselhos Escolares, a Escola Maria Angélica seguiu todos os procedimentos e normas pertinentes ao processo. Ainda neste mês, haverá a substituição de presidentes dos conselhos escolares. A finalidade é seguir a Lei Municipal 4271/16.

Os conselhos escolares têm funções financeira, administrativa, mobilizadora, consultiva, fiscalizadora e pedagógica. Durante a atuação, o conselheiro escolar tem a oportunidade de acompanhar a execução do calendário, ter acesso aos resultados das avaliações internas e externas da escola, além de acompanhar e propor ações de melhoria do processo ensino-aprendizagem. Outra função é buscar o engrandecimento das condições de infraestrutura, materiais didáticos e pedagógicos.

Busca

Acesso Rápido

Destaque