Educação lança "Com o pé no sexto ano"

2019-02-06 14:42:00 - Jornalista: Joice Trindade
Compartilhe:  
Foto: Guga Malheiros
Alunos do 5º para o 6º ano terão atenção especial

Com o objetivo de promover a interação e a permanência do aluno dentro do espaço escolar, a Educação de Macaé começou, nesta primeira semana de aula, com a iniciativa "Com o pé no sexto ano". A proposta é envolver os alunos que estão ingressando no sexto ano de escolaridade em estratégias pedagógicas, que visam atenuar as dificuldades encontradas por aqueles que estão saindo do primeiro segmento do Ensino Fundamental (1º ao 5º ano).

Entre as dificuldades encontradas pelos estudantes nesta fase de transição estão o maior número de disciplinas e de professores, além da mudanças nos ambientes, que passam a ser mais amplos. Para minimizar, a Superintendência de Ensino Fundamental, por meio da Coordenação da Orientação Educacional, recomendou aos gestores das escolas municipais e equipes pedagógicas estimular os professores à realização de atividades em conjunto, favorecendo a aprendizagem dos estudantes e evitar a evasão escolar.

De acordo com o secretário de Educação, Guto Garcia, a rede municipal tem a intenção de assegurar a permanência do aluno na sala de aula. "O foco é o melhor rendimento e a concentração dos alunos, contribuindo, assim, no processo de ensino", ressaltou.

Entre as intervenções sugeridas, que podem ser ministradas no decorrer deste ano letivo, estão realização de ações diferenciadas, com o objetivo de acolher e trabalhar o pertencimento ao espaço escolar; estabelecer parcerias com órgãos como Programa Saúde da Família (PSF) e Conselho Tutelar, para promoção de palestras educativas; promover ações alinhadas ao Estatuto da Criança e Adolescente (ECA); estimular reflexões/discussões referentes as normas disciplinares e regras de convivência; além de executar o acompanhamento sistematizado, ao longo do primeiro bimestre e estimular a eleição para escolha do representante de turma.

Segundo o secretário Guto Garcia, a rede municipal traçou metas para melhorar o desempenho acadêmico dos alunos. A proposta, segundo explicou, é promover ações voltadas à melhoria da qualidade de vida e acadêmica dos alunos do ensino municipal. "A transição dos alunos para o sexto ano do Ensino Fundamental é uma das prioridades da rede municipal", pontua.

Já as coordenadoras da Orientação Educacional, Andrea Carvalho e Rosinea Figueiredo, explicaram que para melhor atuar junto aos alunos do segundo segmento do Ensino Fundamental (6º ao 9º ano), foram iniciadas reuniões de trabalho. "A meta é tratar das competências gerais da Base Nacional Comum Curricular com temas como família e cuidados", observou Andrea.

Busca

Acesso Rápido

Destaque