Prefeitura Municipal de Macaé

Escolas participam da Semana de Educação Inclusiva

2018-09-14 15:35:00 - Jornalista: Joice Trindade
Compartilhe:  
Imagem de crianças em sala de aula
Foto: Márcio Borges
Rede municipal conta com 51 salas de recursos multifuncionais

Em Macaé, as escolas municipais vão participar da Semana de Educação Inclusiva entre segunda e sexta-feira (17 a 21). Serão apresentados projetos desenvolvidos nos espaços escolares, que visam o fortalecimento da identidade e a autoimagem positiva dos alunos com deficiência, a superação de barreiras (que aparecem sob forma de discriminação) e de aprendizagem construídas no dia a dia dos alunos e demais envolvidos. Paralelo, a educação de Macaé vai promover, nesta segunda-feira (17), o IV Seminário de Educação na Perspectiva Inclusiva.

A proposta da Semana de Educação Inclusiva é promover a inclusão, não apenas pela atenção às necessidades educacionais específicas e acessibilidade, mas pelo fortalecimento dos educadores no exercício da profissão. Na oportunidade, as escolas poderão apresentar recursos variados como dança, jogos e teatro, além de dinâmicas de grupo, que favoreçam a inclusão e a reflexão sobre as barreiras atitudinais; relatos de experiências; debates sobre acessibilidade;produção textual coletiva ou de vídeo inclusivo pelos alunos e palestras com familiares dos estudantes.

De acordo com a secretária de Educação, Leila Clemente, as propostas são fortalecer a exclusão social (rótulos e estigmas) da pessoas com deficiência, promover uma reflexão com alunos, professores, pais e comunidade escolar através de atividades lúdicas com identificação do que pode ser melhorado.Outra finalidade é reforçar a identidade e a autoimagem positiva dos alunos com necessidades educacionais especiais.

Atendimento na rede municipal - A rede municipal conta com 51 salas de recursos multifuncionais. Ao todo, 814 estudantes com laudo específico são atendidos na Educação Especial. O município também conta com alunos estão em processo de avaliação (parecer pedagógico do professor do Atendimento Educacional Especializado (AEE) ou laudo clínico. Além das salas de recursos, a rede municipal também conta com 10 salas de Apoio Pedagógico Específico (APE). O município também conta com o funcionamento dos módulos do Centro Municipal de Atendimento Especializado ao Escolar (Cemeaes) , que oferece apoio de forma complementar/ e ou suplementar.

Seminário - O IV Seminário de Educação na Perspectiva Inclusiva terá como tema "Educação Inclusiva. Para além da Aceitação" será realizado na Cidade Universitária, a partir das 7h. As inscrições podem ser feitas no próprio local, no dia da programação. Ao todo, são oferecidas 200 vagas para profissionais de educação . A expectativa é receber representantes de outros municípios como Rio das Ostras, Rio Bonito, Quissamã, Carapebus e cidades vizinhas. A programação faz parte da Semana de Educação Inclusiva. O objetivo do Seminário é levar reflexões e propor ações pautadas em práticas pedagógicas coletivas.

A abertura do seminário contará com exposição dos trabalhos desenvolvidos junto aos alunos da Classe Hospitalar, salas de Apoio Pedagógico Específico (APE) e Atendimento Educacional Especializado (AEE). Às 9h haverá apresentação do livro "Estelina" e relato de experiência "De mãe à pesquisadora", com a professora Sara Lopez. Já às 10h, a palestrante, doutora em Educação Especial, Edicléa Mascarenhas, vai abordar o assunto "Síndromes Raras e Educação Precoce".

O turno da tarde contará com a apresentação cultural "Contos de Fadas Inclusivo", com profissionais da Escola Municipal de Educação Infantil Anna Benedicta da Silva Santos. O cronograma da formação contará com relato de experiência "Disciplina de Química no Ensino Médio", com a professora Shirlei Gavina e o mediador Carlos Mendes. Já às 15h, vai acontecer uma roda de conversa, conduzida pela mestre Lucília Machado, mestranda Andrea Faria e o presidente do Conselho Municipal da Pessoa com Deficiência, Vitor Souza.

Busca

Acesso Rápido

Destaque