Exposição é prorrogada no museu

2019-08-01 11:48:00 - Jornalista: Andréa Lisboa
Compartilhe:  
iMAGEM DA EXPOSIÇÃO
Foto: Raphael Bózeo
Solar já prepara 13ª Primavera no Museu

A exposição ‘Cultura para todos, o futuro das tradições’, que está no Solar dos Mellos – Museu da Cidade de Macaé, foi prorrogada. Até 29 de agosto, a mostra estará aberta ao público e, na semana seguinte, o espaço será preparado para receber a nova exposição comemorativa da ‘13ª Primavera dos Museus’, já lançada pelo Instituto Brasileiro de Museus (Ibram). O tema nacional é ‘Museus por dentro, por dentro dos museus’. Por isso, em Macaé, o Solar dos Mellos será o foco na nova exposição.

A próxima exposição apresentará documentos e símbolos deste importante patrimônio cultural da cidade, com detalhamentos sobre a sua arquitetura e a sua história e sobre o processo de desapropriação do imóvel para tornar-se museu. Uma programação especial está sendo organizada pela Secretaria de Cultura para o período comemorativo. Em todo o Brasil, os museus serão celebrados de 23 a 29 de setembro.

"O tema é inspirador para nós, porque o Solar dos Mellos está debutando este ano, em dezembro. Nesta Primavera dos Museus, o Solar, completando 15 anos, receberá o nosso olhar muito especial", disse a diretora do museu, Viviane Chaves.

Assim, quem ainda não visitou a exposição gratuita ‘Cultura para todos, o futuro das tradições’ está sendo convidado pela equipe do museu para este mês. O Solar dos Mellos está aberto para visitação de segunda à sexta-feira, das 9h às 17h. Grupos interessados em agendar visita guiada por historiador ao espaço e à mostra devem fazer por meio do número 2759-5049, ou pessoalmente no endereço Rua Conde de Araruama, 248, no Centro. A programação é gratuita e atende a todas as faixas etárias. Os grupos deverão ter no mínimo dez pessoas e no máximo quarenta. Já a agenda para o projeto ‘Lugares de Memória’, um tour histórico-cultural pela cidade, está fechada para este mês.

Cultura para todos, o futuro das tradições - A história está sendo preservada no museu em “metamorfose” que diariamente, recebe de portões abertos a cultura produzida na atualidade e registra a sua história. Esta dinâmica foi bem retratada pela exposição ‘Cultura para todos, o futuro das tradições’, sob a curadoria de Cláudia Barreto. A tradição e o aconchego de se receber com um cafezinho é o tema da mostra, que mescla informações inéditas contidas em documentos históricos, com peças da cafeicultura e partes de acervos particulares. Mas não poderia faltar a surpreendente arte contemporânea de Ric Azevedo. A mostra explora o lado sensorial do visitante, visual, olfativo e tátil, e provoca reflexões sobre sustentabilidade.

Busca

Acesso Rápido

Destaque