Macaé segue com combate intenso ao Aedes aegypti

2019-04-12 09:59:00 - Jornalista: Genimarta Oliveira
Compartilhe:  
Foto: Divulgação
Ações de controle e prevenção em todo o município são permanentes

A Secretaria de Saúde de Macaé, por meio do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), vem intensificando nos últimos meses as ações de controle e combate ao mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, chikungunya e zika, com mutirões nos bairros e localidades. As atividades incluem ainda trabalho educativo e de conscientização. A população agora também pode fazer solicitações e denúncias pelo aplicativo do WhatsApp 99864-4073.

Os agentes de endemias realizam diariamente visitas domiciliares, com foco na eliminação dos criadouros inservíveis, como latas, garrafas, potes, casca de ovo, copos descartáveis e outros, bem como proteção daqueles servíveis.

Outra medida é o controle químico com aplicação de larvicida em depósitos que não possam ser eliminados, além da pulverização com inseticidas para eliminação do mosquito na fase adulta.

A equipe também percorre a cidade para atendimento das denúncias da população, como a verificação dos imóveis abandonados, piscinas sem manutenção e colocação de telas em caixas d´água.

O coordenador do CCZ, Flávio Paschoal, alerta para que a população seja vigilante. "Mesmo com a chegada do outono, os dias de calor seguidos de chuva são condições ideais para que o mosquito se reproduza, por isso é importante que todos colaborem com ações de controle", disse.

Orientações

- Evitar o acúmulo de lixo e entulhos nos quintais;

- Deixar sacolas e recipientes com lixos fechados;

- Manter as caixas d’água, galões, tonéis ou tambores sempre vedados;

- Remover a sujeira das calhas e ralos;

- Não deixar pneus com água e em lugares descobertos;

- Deixar garrafas ou baldes com a boca para baixo;

- Verificar bandejas de ar-condicionado e geladeiras mantendo-as limpas e sem água;

- Colocar areia até a borda nos pratos de vasos de flores e plantas;

- Manter vasos sanitários sem uso fechados;

- Tratar a água de piscinas e fontes uma vez por semana;

- Esticar lonas para não formar poças;

- Lavar os recipientes de água dos animais e aves com esponja e sabão.

Busca

Acesso Rápido

Destaque