‘Quintas no Museu’ homenageia mulheres

2019-03-29 14:37:00 - Jornalista: Andréa Lisboa
Compartilhe:  
Foto: Andréa Lisboa
Rhê Guimarães, Renata Cabral e Renata Vieira foram as convidadas

O workshop de Crochê da Círculo, com Renata Vieira, nos jardins do Solar dos Mellos – Museu da Cidade de Macaé atraiu, na tarde desta quinta-feira (28), pessoas interessadas em aprender a técnica artesanal e também em aprimorá-la, especialmente para geração de renda. A oficina aconteceu junto aos estandes das artesãs que participam semanalmente do ‘Quintas no Museu’. A partir das 19h, integrando a gastronomia de rua da cidade, o evento ficou ainda mais especial com show duplo da riostrense, Renata Cabral, seguido da macaense Rhê Guimarães. Elas homenagearam intérpretes brasileiras.

Renata Vieira, em sua segunda passagem pelo Museu de Macaé, destacou o compromisso da Secretaria de Cultura com a promoção do artesanato e a valorização dos talentos locais. Ela também ressaltou a presença cada vez mais constante de homens que buscam este aprendizado. Com linhas, agulhas e receitas trazidas pela professora, o grupo pôde tirar dúvidas, ouvir dicas da blogueira e interagir entre si para a produção de peças em crochê. Ela também sorteou kits completos para crochê entre os participantes. O workshop aconteceu das 14h às 18h.

"Não vi em nenhum outro município esta iniciativa do poder público de estímulo à aprendizagem de crochê, sobre as tendências e sobre como empreender com artesanato. Isto é muito importante para a geração de renda. Eu vivo do crochê há muitos anos, o que é muito prazeroso. Os homens estão quebrando o preconceito para fazer crochê e estão ganhando destaque por eles serem um diferencial, sendo até mais valorizados pelas empresas. O crochê é para mulheres e homens, também é para crianças e jovens e ainda para casais e famílias", destacou Renata Vieira.

O nutricionista e técnico de Administração, Rafael Rosas (23), recém-formado e desempregado, está aprendendo crochê em busca de renda e pretende que, no futuro, esta técnica seja um meio de obter uma renda complementar. “Sempre achei bonito e tive curiosidade para aprender. Mas na minha infância os meninos não tinham acesso. Agora resolvi quebrar o preconceito”, disse.

A a professora de crochê do Centro de Educação Tecnológica e Profissional de Macaé, Silvia Vilhena (60), também participou do workshop. “Vim buscar novidades para levar para os meus alunos e encontrei aqui. Gosto mais de aprender no contato pessoal, interagindo com os outros, do que pela internet”, ressaltou a instrutora.

Logo após o workshop, teve início o show de Renata Cabral, que acompanhada do grupo de Choro da Escola Municipal de Artes Maria José Guedes (Emart) apresentou grandes sambas. Em seguida, a apresentação foi de Rhê Guimarães. Depois de sambas tradicionais que levantaram a plateia e de interpretar Cartola, Rhê ofereceu ao público uma canção inédita (Confira no Facebook da Secretaria de Cultura de Macaé).

O Solar dos Mellos está localizado na rua Conde de Araruama, 248, no centro da cidade.

Busca

Acesso Rápido

Destaque