Startup Macaé inicia segunda etapa com entrevistas

2019-04-09 11:07:00 - Jornalista: Elis Regina Nuffer
Compartilhe:  
Foto: Divulgação
A modalidade Iniciação Tecnológica mostra o seu plano de negócios com uma solução que seja atraente para uma empresa

A equipe do Startup Macaé iniciou, nesta segunda-feira (8), as entrevistas da segunda etapa do programa, que será realizada até sexta-feira (12). O trabalho começou ouvindo autores de 41 projetos da modalidade 3, Iniciação Tecnológica, que fazem a apresentação chamada de pitch, ou seja, mostram o seu plano de negócios com uma solução que seja atraente para uma empresa. No total, estão nesta segunda etapa 68 projetos, podendo ter até três participantes em cada, e 27 pesquisadores.

Os cadastrados na modalidade 1, Desenvolvimento Tecnológico, com 27 projetos, passarão por entrevistas de avaliação nas próximas quinta (11) e sexta (12); e, na modalidade 2, Apoio Tecnológico, com 27 pesquisadores, as entrevistas serão realizadas nestas terça (9) e quarta (10). O resultado das três modalidades será divulgado no portal da prefeitura na próxima segunda-feira (15). Depois, será a assinatura do termo de compromisso da bolsa, de 16 a 26 de abril, e o programa começa no dia 29. Somente os autores da modalidade 3 precisam fazer a apresentação do pitch, conforme exigência no edital. As informações foram passadas por Luiza Neto, que integra a equipe administrativa do Startup.

Os participantes dos projetos selecionados receberão bolsas de pesquisa e desenvolvimento inovadores, com valores que variam de R$ 1 mil a R$ 5 mil, a fim de envolver as demandas das grandes empresas, com o suporte das startups, gerando, em Macaé, um novo modelo de negócios que proporcione a recuperação de campos de óleo e gás, energias renováveis e aplicativos em saúde.

As entrevistas estão sendo feitas na sede do Startup Macaé à Avenida Nossa Senhora da Glória, 2.975, no bairro Cavaleiros. O agendamento é feito direto com os candidatos no e-mail cadastrado no ato da inscrição.

A Comissão de Avaliação das Submissões dos projetos cadastrados instituída foi divulgada no dia 29 de março pela Secretaria Municipal Adjunta de Ensino Superior (Semaes), vinculada à Secretaria Municipal de Educação. A análise dos projetos e entrevistas está sendo feita obedecendo aos critérios de avaliação já previstos no edital, sendo a escolha das empresas de responsabilidade da comissão que tem autonomia, junto à Prefeitura de Macaé, entendendo que possui notório saber na área de Ciência, Tecnologia e Inovação.

A iniciativa do Starup partiu da Secretaria Municipal de Educação, por meio da Secretaria Adjunta de Ciência e Tecnologia, numa parceria da prefeitura com a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), através do Centro de Referência em Inovação para Operações Sustentáveis (Crios).

“O Programa Startup Macaé visa implementar o empreendedorismo e a inovação no município. É uma grande plataforma que vai conectar as demandas tecnológicas das grandes empresas aos potenciais desenvolvedores, sejam startups, empreendedores, empresas que já coabitam os ecossistemas ou até mesmo os laboratórios das universidades que já são bem expressivos em Macaé”, disse o coordenador do Crios e professor da UFRJ, Carlos Eduardo Silva.

Busca

Acesso Rápido

Destaque