Vacina contra sarampo está disponível em unidades de saúde

2019-08-15 10:21:00 - Jornalista: Genimarta Oliveira
Compartilhe:  
Foto: Bruno Campos - Arquivo Secom
Além do sarampo, a vacina tríplice viral protege também contra a caxumba e rubéola

Com o surgimento de casos de sarampo em alguns estados, é importante que a população alvo fique atenta ao calendário de imunização. A vacina contra o sarampo está disponível nas unidades de saúde e segue a recomendação do Ministério da Saúde, para indivíduos na faixa etária entre 12 meses e 49 anos. A vacinação é de rotina e quem quem já toumou as doses não tem necessidade de se revacinar.

Em Macaé, a vacina está disponível nas unidades de saúde localizadas nos bairros, distritos e região serrana. Na Casa da Vacina, o funcionamento é de 7h30 às 17h30, apenas para a aplicação da triviral, o atendimento é até as 16h. Segundo a responsável pelo programa de Imunização, Luciana Santos, devido ao frasco conter dez doses e o uso ter que ser feito em até seis horas, algumas unidades definem os dias da semana em que a vacina é aplicada.

Luciana ressalta que há uma recomendação do MS para que crianças com idade entre 6 meses a 1 ano, que irão se deslocar para municípios que se encontram em situação de surto ativo, sejam vacinadas com uma dose da vacina tríplice viral (sarampo, rubéola e caxumba), no período mínimo de 15 dias, antes da data prevista para a viagem.

Sarampo

O sarampo é uma doença infecciosa grave, causada por um vírus, que pode ser fatal. Sua transmissão ocorre quando o doente tosse, fala, espirra ou respira próximo de outras pessoas. A única maneira de evitar o sarampo é pela vacina. Os principais sintomas do sarampo são: febre acompanhada de tosse; irritação nos olhos; nariz escorrendo ou entupido e mal-estar intenso.

Vacinação

Crianças a partir de 12 meses de idade – 1 dose de tríplice viral; crianças de 15 meses a 4 anos de idade - 1 dose de tetraviral;

De 5 até 29 anos - 2 doses de tríplice viral, com intervalo de 30 dias;

De 30 a 49 anos - 1 dose da vacina tríplice viral;

Profissionais de saúde - 2 doses de tríplice viral, com intervalo de 30 dias, independente da idade.

Busca

Acesso Rápido

Destaque