Vacinação contra a pólio foi prorrogada até sexta-feira

2005-08-23 17:05:22 - Jornalista: Genimarta Oliveira
Compartilhe:  

Por determinação do Ministério da Saúde, foi prorrogada até sexta-feira (26) a Campanha Nacional de Vacinação contra a Paralisia Infantil. Em Macaé, as vacinas estão disponíveis nas unidades do Programa Saúde da Família, Centro de Saúde Dr. Jorge Caldas e no Núcleo de Atendimento à Mulher e à Criança (Nuamc) da Aroeira.

De acordo com o balanço parcial da Secretaria de Saúde, foram imunizadas 98% crianças entre zero e cinco anos, do total de 14.094. O secretário de saúde, Fernando Diogo ressalta que com a prorrogação da campanha o município alcançará a meta do MS. “Devem ser vacinadas todas as crianças, mesmo as que estejam com tosse, gripe, coriza ou rinite, pois não existe tratamento para a pólio, somente a prevenção, por meio da vacina, garante que a pessoa fique livre da doença”, disse.

Certificação - Em 2005, a estratégia contra a poliomielite no Brasil completa 25 anos de existência. O último caso da doença verificado no país foi em 1989. Em 1994, o continente americano recebeu da Organização Mundial de Saúde (OMS) o reconhecimento pela erradicação da transmissão autóctone do vírus causador da doença. Os países do Pacífico Ocidental receberam o reconhecimento em 2000 e a Europa, em 2002.

Restam no mundo três regiões que ainda não receberam a certificação de erradicação da pólio: África, Sudeste da Ásia e Mediterrâneo Oriental. Por isso, há a necessidade de manter campanhas de vacinação contra a pólio, mesmo nos países que já erradicaram a doença, como o Brasil, uma vez que o fluxo intenso e rápido de viajantes pelo mundo pode, facilmente, propagar o poliovírus.

Busca

Acesso Rápido

Destaque