Prefeitura Municipal de Macaé

Secretaria de Saúde

Seminário Aleitamento Materno é promovido no paço municipal

2017-08-09 12:15:00 - Jornalista: Liliane Barboza
Compartilhe:  
Imagem de profissionais da saúde sentados em auditório
Foto: Ana Chaffin
Profissionais de saúde trocam informações sobre ato de amamentar

O IV Seminário Municipal Aleitamento Materno foi promovido na manhã desta quarta-feira (9), no auditório do paço, pela Secretaria de Saúde, com o objetivo de reforçar a importância da amamentação nos primeiros seis meses de vida. O tema deste ano foi "Amamentar ninguém pode fazer por você. Todos podem fazer com você".

A abertura do encontro contou com a participação do secretário Adjunto de Atenção Básica, Márcio Barcelos; do coordenador do Estratégia Saúde da Família (ESF), Luiz Carlos Edmundo; da coordenadora em Vigilância em Saúde, Ana Paula Dal-cin e da coordenadora da Área Técnica de Alimentação e Nutrição (Catan), Michelle Escobar.

Márcio Barcelos, destacou a importância do seminário para que sejam divulgadas informações sobre o aleitamento materno. "Os profissionais de saúde propagam a importância imunológica, nutricional e o amor que envolve o ato de amamentar", assinalou.

A coordenadora em Vigilância em Saúde, Ana Paula Dal-cin, ressaltou que é uma defensora do aleitamento materno. "Parabéns a todos que organizaram esse evento e sem dúvida o leite materno é amor em forma de líquido", disse.

O coordenador da Estratégia Saúde da Família (ESF), Luiz Carlos Edmundo, disse que a amamentação tem que ter o envolvimento de todos profissionais de saúde, que devem lutar para que as mães tenham conhecimento sobre a importância desse ato. "Espero que todos os ensinamentos possam ser levados para o trabalho", afirmou.

Agosto Dourado destaca importância de amamentar

De acordo com a coordenadora da Área Técnica de Alimentação e Nutrição (Catan), Michelle Escobar, o tema amamentação deve contar com a parceria de diversos setores: família, profissionais de saúde e o trabalho da mulher.

- É importante que as mulheres fiquem atentas à legislação e saibam dos seus direitos, pois em muitos locais de trabalho existem salas de amamentação. O horário do expediente também poderá ser alterado, para que as mães possam amamentar os seus filhos, informou.

Ela acrescentou ainda que o seminário faz parte do Agosto Dourado, o mês do aleitamento materno, que tem o intuito de reforçar os benefícios da amamentação, tanto para a mãe quanto para o bebê. A coordenadora de Alimentação e Nutrição apresentou a palestra "Aleitamento materno: trabalhar juntos para o bem comum".

O evento contou ainda com as palestras "Perspectiva do aleitamento materno no âmbito hospitalar", apresentada por Marília Rangel e Cristiane Noronha, fonoaudiólogas da UTI neonatal/pediátrica, além da fonoaudióloga consultora em amamentação do Projeto Saúde da Gestante, Carolina Monteiro. "O papel da atenção básica na eficácia do aleitamento materno" foi apresentado pela enfermeira obstétrica, Marcilene Ribeiro.

A programação foi encerrada com a palestrante Jane Roriz, advogada e Coordenadora do Centro Especializado de Atendimento à Mulher, que apresentou o tema "Garantia dos direitos da mãe e da criança no aleitamento materno".

Importância de amamentar - Na amamentação, o bebê recebe anticorpos da mãe para proteção contra diversas doenças, como diarreia e infecções, estando as respiratórias entre as principais. O risco de asma, diabetes e obesidade é menor em crianças amamentadas, mesmo depois que elas param de mamar. A amamentação é um excelente exercício para o desenvolvimento da face da criança, importante para que ela tenha dentes fortes e bonitos, desenvolva a fala e tenha uma boa respiração.

+ Mais Notícias