Secretaria de Saúde

Vigilância Sanitária intensifica fiscalização em farmácias

2019-10-17 10:35:00 - Jornalista: Genimarta Oliveira
Compartilhe:  
um homem atrás de um balcão
Foto: Divulgação
Toda drogaria deve ter um farmacêutico de plantão

A Secretaria de Saúde, por meio da Coordenadoria Especial de Vigilância Sanitária (Covisa), está intensificando as ações de fiscalização e orientação sobre licença sanitária e funcionamento. Equipes estão atuando na área central e nos bairros, em horários diurno e noturno.

De acordo com o coordenador Especial de Vigilância Sanitária, Angelo Luz, o objetivo das ações é dar celeridade ao processo de licenciamento de novos estabelecimentos, renovação de licença que tramita no órgão e de educação visando à proteção da população.

A equipe da Divisão de Farmácia realizou nesta semana um trabalho noturno e visitou três drogarias. Em uma foi verificada que o setor de medicamentos controlados estava aberto e o estabelecimento estava sem farmacêutico, o que não é permitido, pois este profissional é responsável pela dispensação deste tipo de medicação, que deve ser vendida apenas com receita especial e em duas vias.

A administração da farmácia foi notificada e a farmacêutica responsável foi solicitada a comparecer à sede da Vigilância Sanitária para devidos esclarecimentos.

Angelo lembra que para o estabelecimento trabalhar são necessários alvará de funcionamento e licença sanitária. A lei ainda estabelece que as farmácias necessitam de licença da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA), ligada ao Ministério da Saúde e do Conselho de Farmácia.

A fiscalização alerta a população para que fique atenta e verifique se a farmácia conta com farmacêutico de plantão. A população pode fazer as denúncias através do telefone (22) 2762-0935. A Covisa conta com as divisões de farmácia, saúde, resíduos, água e saneamento, arquitetura e alimento.

+ Mais Notícias