Prefeitura Municipal de Macaé

Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Renda

1º salário leva dignidade para ex-moradores em situação de rua

2017-10-06 17:00:00 - Jornalista: Julie Silveira
Compartilhe:  
Foto dos dois moradores de rua varrendo a arquibancada do estádio municipal.
Foto: Maurício Porão
Samuel e Osdetino conseguiram ser reinseridos no mercado de trabalho

"Após cinco anos em situação de rua, hoje, eu tenho um local para morar, pago meu aluguel, vivo com dignidade. Poder trabalhar me faz acreditar, ter esperança. Me fez reviver", disse o auxiliar de serviços gerais, Samuel de Oliveira, de 34 anos, natural de Campos dos Goytacazes. Há um mês, a Prefeitura de Macaé formalizou compromisso de trabalho com 54 pessoas em situação de rua. A iniciativa faz parte da ação de reinserção desse grupo à sociedade por meio do mercado de trabalho.

De acordo com a Secretaria Adjunta de Trabalho e Renda, Ana Lúcia Ribeiro da Conceição, o aproveitamento dos 54 inseridos foi 100% satisfatório. "Todos já receberam seus primeiros salários, de 1,2 mil reais, pagos no último dia 30. Os beneficiados são assistidos por projetos sociais da prefeitura, porém, a grande maioria já conquistou um local para morar", destacou a secretária.

Foi o caso do também auxiliar de serviços gerais, o baiano Osdetino de Jesus Paixão, de 34 anos. "Morei durante um mês no abrigo temporário. Com esse primeiro salário eu já consegui alugar uma kitenete e tenho o objetivo de voltar a estudar", pontuou.

Todos os contratados foram encaminhados para a sua área de identificação e aptidão. Eles atuam no paisagismo, serviços gerais e capina.

Essa ação é uma realização conjunta das Secretarias de Desenvolvimento Social, Direitos Humanos e Acessibilidade e Trabalho e Renda. As 54 pessoas inseridas no mercado de trabalho estavam cadastradas pela Pousada da Cidadania ou pelo Centro Pop, além do Abrigo Temporário, que funcionou durante o inverno e foi desativado nesta semana.

A Secretária de Desenvolvimento Social, Direitos Humanos e Acessibilidade, Tatiana Pires, informa que todos inseridos no mercado de trabalho saíram de situação da rua e se adaptaram ao serviço. "Os trabalhadores estão muito envolvidos e gratos pela oportunidade de poder recomeçar, de viver igualmente em sociedade. São elogios feitos por todas as secretarias em que eles estão lotados. Cada um está buscando um objetivo, uma possibilidade de vida. Estão felizes e esperançosos", destacou.

Abrigo temporário

Com a proposta de abrigar moradores em situação de rua durante o inverno, a Prefeitura de Macaé instalou, no dia 27 de julho, um abrigo temporário na praça Washington Luiz. O espaço funcionou até essa semana, pois as 54 pessoas que utilizaram o espaço foram encaminhadas ao mercado de trabalho, conseguiram um local para morar e vivem com dignidade.

Composto por duas tendas de 10 metros x 10 metros, uma masculina e uma feminina, o espaço funcionou no período noturno e recebeu 54 pessoas, tendo sido oferecidos café da manhã, ticket para almoçar no Restaurante Popular e o jantar, que era doado por empresas e instituições.

O espaço também promoveu a socialização do morador em situação de rua, pois a praça funcionou normalmente durante esse período, com esportes, caminhadas e a Academia Popular. Todos dividiram o mesmo espaço, participando de ações de higiene pessoal e beleza, como design de sobrancelha, corte de cabelo e barba, que foram oferecidos pelo Instituto Embelleze, por meio de parceria com a Secretaria Adjunta de Qualificação Profissional, da Secretaria de Educação. A Secretaria de Ordem Pública manteve uma base móvel de segurança, com monitoramento, e um veículo com agentes da Guarda Ambiental por 24 horas no local. A secretaria de Trabalho e Renda também disponibilizou uma equipe de atendimento para emissão de documentos, visando reinserção social.

+ Mais Notícias