Prefeitura Municipal de Macaé

Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Renda

Saúde do pescador é realizado na Associação de Pescadores da Barra

2017-05-12 15:50:00 - Jornalista: Liliane Barboza
Compartilhe:  
Foto de aferição de pressão dos pescadores
Foto: Ana Chaffin
Atividades como aferição de pressão e medição da glicose fizeram parte das programação

Aferição de pressão arterial, medição do nível de glicose, entre outras informações sobre como prevenir e evitar doenças, foram ações realizadas nesta sexta-feira (12), na Associação de Pescadores, na Barra de Macaé. A iniciativa é da Secretaria Adjunta de Pesca e Aquicultura, vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Renda.

A programação faz parte da Frente de Trabalho do Defeso do Camarão e contou com a presença do secretário adjunto de Pesca e Aquicultura, Sérgio dos Santos. Na oportunidade, ele esclareceu sobre o pagamento do benefício no valor de um salário mínimo.

- É importante que os pescadores compareçam às frentes de trabalho para que possam assinar a presença e, assim, receber o benefício. O pagamento da primeira parcela já foi encaminhado e está sendo compensado a partir desta sexta-feira (12) e sábado (13) pela Caixa Econômica Federal - informou Sérgio.

Para Cláudia Nunes Paula é muito importante participar dessas ações. "Preciso do dinheiro para pagar as minhas contas e comprar alimentação para minha família, durante esse período em que não podemos pescar o camarão. Além disso, as atividades são de muito proveito para nós", afirmou Cláudia, pescadora há 20 anos.

Outro pescador que esteve no local para ver se a saúde está em dia, foi Ezequiel Gonçalves da Silva. Ele conta que vive exclusivamente da pesca há 25 anos e, por isso, precisa estar atento as atividades da Frente de Trabalho do Defeso para não perder o benefício. " Vivo exclusivamente da pesca e com o dinheiro pago as minhas despesas e nessa ação de hoje vou aproveitar e verificar se a minha saúde está perfeita", contou.

A coordenadora da Prevenção e Saúde do Trabalhador, Inez Abicalil, informou que caso o pescador apresente qualquer alteração no teste de glicemia e na pressão arterial, é feito encaminhamento para realizar consulta médica no Programa da Saúde do Trabalhador, que funciona agora em novo endereço: Avenida Amaral Peixoto, 275, Miramar.

Para o Defeso do Camarão 493 pescadores foram cadastrados. Para ter direito ao benefício, neste período, é necessário que eles participem das palestras, ações de limpeza em patrimônios ambientais e cursos. As próximas atividades acontecerão no dia 19 de maio, às 9h, com limpeza no Canal Macaé / Campos e no dia 26 de maio, às 9h, será a vez da Praia da Barra.

Defeso do camarão - O período de defeso impede a pesca do camarão no mar da Região dos Lagos e no Norte Fluminense, entre 1º de março e 31 de maio. Pescadores de Cabo Frio, Arraial do Cabo, Búzios, Saquarema, Macaé, do litoral de Campos dos Goytacazes e São João da Barra são afetados pela medida, já que esse é o período de reprodução dos crustáceos.

Nos três meses, fica proibida a pesca de arrasto com tração motorizada para a captura do camarão-rosa, camarão-sete-barbas, camarão-branco, santana ou vermelho e barba-ruça. De acordo com a Fundação Instituto de Pesca do Estado do Rio de Janeiro (Fiperj), o pico do período de reprodução do camarão varia de um ano para outro, de acordo com a variações climáticas, de correntes e ventos.

As punições incluem advertência, multa e apreensão do produto, além de suspensão parcial ou total das atividades.

+ Mais Notícias
Busca

Destaque