Prefeitura Municipal de Macaé

Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Renda

Tempo de férias: Macaé é serra, mar, cultura e lazer

2018-01-09 12:01:00 - Jornalista: Julie Silveira
Compartilhe:  
Imagem de cachoeira
Foto: Arquivo Secom
Os turistas encontram, em Macaé, a estrutura de uma capital e o clima aconchegante do interior

É Verão, tempo de férias, diversão e alegria! Macaé, município rodeado de belezas naturais, oferece opções variadas de entretenimento, cultura e lazer, como visitas aos parques do Barreto, Jurubatiba e Atalaia. Região serrana e suas cachoeiras; Arquipélago de Sant´Ana; praias e o Solar dos Mellos, museu da cidade, também são algumas opções. Para quem gosta de esporte radical, as montanhas da serra são perfeitas para escaladas e downhill (descida de bicicletas), além de rafting e caminhadas em trilhas. O município possui a maior rede hoteleira do interior do estado. Os turistas encontram, no mesmo destino, a estrutura de uma capital e o clima aconchegante do interior.

A região serrana é cheia de oportunidades para quem quer aproveitar as águas cristalinas das cachoeiras. Além das conhecidas quedas d´água do Sana, como as Cachoeiras do Escorrega, Sete Quedas e Mãe, Macaé oferece, ainda, outras opções. A do Roncador (Glicério), do Arranchadouro (Frade), Andorinhas (Cabeceira do Sana), Fortuna e do Salto (Córrego do Ouro), da Laje (Bicuda Pequena), Cachoeira de Glicério e Poço da Ciriaca (Glicério), entre outras.

Macaé tem um litoral de 23 quilômetros de extensão, formado por diversas praias com inúmeras atividades a serem exploradas. A mais popular, Praia dos Cavaleiros, conta com cerca de 1,5 mil metros de extensão e abriga os principais bares e restaurantes. A variedade gastronômica atrai turistas e moradores, principalmente à noite, quando a orla passa a ser o principal point da cidade.

Já a Praia do Pecado é ideal para prática de surf, bodyboard e stand up. O local já abrigou campeonatos profissionais das modalidades e atrai surfistas do mundo inteiro. Quem nunca subiu em uma prancha também pode se arriscar, já que professores locais oferecem aulas particulares para quem deseja aprender o esporte.

O Arquipélago de Sant´Anna é um dos principais santuários ecológicos de Macaé e fica a oito quilômetros da costa, sendo formado pelas ilhas do Francês, Sant´Anna e Ilhote Sul. O local possui duas extensões de praia, com águas transparentes e areias claras.

A Lagoa de Imboassica é o limite natural entre os municípios de Macaé e Rio das Ostras, estando a 11,5 quilômetros do centro da cidade. Estreita faixa de areia a separa do oceano e em determinada época do ano, se juntam dando um belo espetáculo, além de ser um atrativo para os surfistas que aproveitam para a prática do esporte.

Apesar de tranquila, recebe bons ventos para a prática de kitesurf e de outros esportes náuticos, desde que não tenha motor. A lagoa é um recanto excelente para caminhadas, passeios de bicicleta, patins e skates. É o ponto da cidade mais frequentado por turistas e moradores que apreciam um belo por do sol.

Parques Ecológicos são fonte de recursos hídricos

Fontes de águas límpidas, árvores gigantes, riachos, profusão de plantas com as mais variadas formas, cores e perfumes, além de diversos animais, o Parque Natural Municipal Fazenda Atalaia é considerado um santuário da natureza. O parque foi criado em 1995 e hoje é uma das mais importantes reservas de Mata Atlântica do estado, além de contar com trilhas que levam a paraísos perdidos, como a Cachoeira da Fortuna. Quem se interessar em curtir esse espaço pode seguir a estrada que liga Macaé a Córrego do Ouro. O agendamento é necessário para grupos acima de 15 pessoas pelo e-mail agendamento.atalaia@gmail.com ou pelo telefone (22) 99804-9710.

O Parque Nacional da Restinga de Jurubatiba é um desses lugares paradisíacos que faz o município ser especial. O parque passa, ainda, pelo litoral dos municípios de Carapebus e Quissamã. É o primeiro Parque Nacional no Brasil a compreender, exclusivamente, o ecossistema de restinga, o menos representado no Sistema Nacional de Unidades de Conservação da Natureza. Lá, é possível aproveitar a Lagoa Comprida, próxima à Praia de Carapebus, praias desertas, observação de aves e trekking fotográfico, aproveitando a fauna e flora local.

Jurubatiba pode ser visitado durante todo o ano. Mas o pico da visitação ocorre no período de verão. A realização dos passeios é permitida entre quinta-feira e domingo, além de feriados e datas comemorativas. No caso de solicitações para realização de passeios em outros dias da semana, a decisão cabe à chefia do Parque. O horário de visitação permitido para os atrativos do Parque é entre 8h e 16h. Mais informações: http://www.icmbio.gov.br/parnajurubatiba/.

Educação ambiental e lazer em um só lugar. Com quase 32 hectares, o Parque Natural Municipal da Restinga do Barreto é o segundo maior das Américas em área exclusiva de restinga. Ele fica atrás, apenas, do Parque Nacional da Restinga de Jurubatiba e sua criação foi motivo de comemoração para quem tem como objetivo a preservação ambiental. O agendamento para passeio guiado pode ser feito pelo e-mail: parquebarreto.sema@gmail.com.

Pico do Frade: ponto mais alto do município

Para os aventureiros e para aquelas pessoas que não têm medo de altura, a dica é conhecer o Pico do Frade, localizado na Serra dos Crubixais. Ele possui 1.429 metros de altura e é o ponto mais alto do município de Macaé fazendo limite entre as cidades de Trajano de Morais e Conceição de Macabu. O Pico do Frade está localizado a 13 quilômetros de Glicério.

O Pico Peito do Pombo é outra opção no distrito do Sana. Do alto, pode-se ver todo o litoral de Macaé, Rio das Ostras, Barra de São João, Búzios e Cabo Frio. São três horas e meia de caminhada, a partir do Arraial do Sana.

A Serra da Bicuda Grande e Pequena também é uma boa opção para quem gosta de aventuras. Formada por uma série de elevados cuja altura média alcança os 600 metros, ela se estende pelos distritos de Cachoeiras de Macaé, Sana e Glicério. Dentre seus atrativos, destaca-se uma formação rochosa pontiaguda chamada de Pedra da Bicuda, localizada entre as Vilas Bicuda Grande e Pequena.

Já a Serra da Cruz separa os municípios de Macaé e Conceição de Macabu, faz parte do sistema montanhoso da Serra do Mar e está localizada a 13,4 quilômetros da Vila Paraíso, em Glicério. Ao longo de seus elevados que atingem a altura média de 500 metros, são encontradas várias nascentes e quedas d'água. Quase na divisa com Conceição de Macabu o visitante poderá observar uma rocha com 20 metros de diâmetro em formato de cruz.

Museu da Cidade está aberto para visitação

Construído em 1891, o Solar dos Mellos hoje abriga o Museu da Cidade. No Solar, acontecem sessões de cinema gratuitas, palestras e exposições, além do projeto Educação Patrimonial com Visita Guiada, que ocorrem periodicamente na sede da instituição. O prédio abriga, também, o Centro de Memória Antonio Alvarez Parada e o Auditório Washington Luiz, com 30 lugares.

Igreja de Sant`Ana, Forte Marechal Hermes, Ruínas do Farol de Imbetiba, casas noturnas e apresentações teatrais são alternativas de entretenimento que atende todos os gostos.

Calendário de eventos

A Prefeitura de Macaé, através da Secretaria de Turismo, lançou a primeira edição do Calendário de Eventos Turísticos em 2017, com edição 2018 apresentada, oficialmente, nesta quinta, dia 11. A iniciativa é uma parceria entre o poder público municipal e o setor privado e, o principal objetivo, é estimular o turismo na cidade em todas as épocas do ano.

O calendário potencializa a atividade turística, reunindo programação cultural, esportiva e gastronômica. A edição 2018 será lançada em evento no Forte Marechal Hermes, local turístico do município.

+ Mais Notícias