Secretaria de Ambiente e Sustentabilidade

Perguntas Frequentes - Fauna Silvestre

Como identificar se um animal que vi preso em algum lugar é silvestre (capturado da natureza) ou é doméstico?

Resposta: Para pássaros, existe um anel de metal na pata para identificação. Para outros animais são diversas as formas de identificação. Geralmente, um animal nativo do Brasil nascido em ambiente doméstico acompanha uma Nota Fiscal ou uma relação de pássaros emitida pelo IBAMA.

O que fazer quando encontrar alguém vendendo um animal silvestre?

Resposta: Denunciar as autoridades mais próximas. Muitas pessoas acreditam que somente o Ibama ou a Polícia Florestal pode atuar nesses casos. Mas isso é um engano. Qualquer policial, seja ele civil, militar e federal, além da fiscalização ambiental do município de Macaé, tem o dever de tomar as providências necessárias. Devemos lembrar que a fauna silvestre é patrimônio da União e, portanto, é um bem público. Também não se deve comprar o animal por pena. Uma vez retirado da natureza, o mal já está feito, dificilmente esse animal voltará à vida livre. Ele estará praticamente condenado a viver pelo resto da sua vida enjaulado.

O que fazer se você encontrar um animal silvestre perdido?

Resposta: Caso ele esteja machucado, entre em contato com a prefeitura do município de Macaé e peça ajuda à Secretaria de Meio Ambiente ou a guarda ambiental. O trabalho de ajuda e socorro ao animal, seja ele de qualquer espécie, deve sempre ser feito por veterinários ou funcionários de entidades de proteção animal, pois uma pessoa despreparada pode machucar ainda mais o animal ou se machucar.

Qual a diferença entre um animal silvestre, um animal exótico e um animal doméstico?


Resposta: Animais silvestres são aqueles que possuem a sua vida, ou parte dela ocorrendo dentro do território brasileiro, podendo ser nativos ou migratórios. Como por exemplo: micos, papagaios, borboletas, tartaruga-da-amazônia e onças. Animais exóticos consistem em espécies introduzidas ou compradas pelo homem, podendo ser domésticas ou selvagens. Como por exemplo: zebras, elefantes, cacatuas, najas e pítons. Animais que tenham entrado espontaneamente no território brasileiro também são considerados exóticos. Animais domésticos são aqueles que possuem características comportamentais e biológicas com dependência do homem. Estes animais podem até apresentar aparência diferente da espécie silvestre da qual originou, por passarem por processo de manejo e melhoramento zootécnico que os modificam. Exemplo: gatos, vacas, porcos, galinhas, avestruzes e cachorros.

Qual o risco de manter um animal silvestre em cativeiro/casa?

Resposta: São muitos. O risco de transmissão de doenças é alto. O animal capturado na natureza não passa por nenhum tipo de controle sanitário. E a maioria deles transmitem doenças, risco físico graves ao ser humano.
Busca

Destaque