Prefeitura Municipal de Macaé

Secretaria de Ambiente e Sustentabilidade

Ambiente: operação recolhe 15 mil lâmpadas

2018-04-13 16:58:00 - Jornalista: Julie Silveira
Compartilhe:  
Foto de pessoa recolhendo lâmpadas
Foto: Mauricio Porão
Durante a semana, as lâmpadas fluorescentes foram recolhidas no estande montado na praça

A “Operação Papa Lâmpadas", que incentiva o descarte adequado de lâmpadas fluorescentes, terminou nesta sexta-feira (13). Foram recolhidas cerca de 15 mil lâmpadas. Munícipes, empresas, escolas e órgãos municipais participaram encaminhando as lâmpadas queimadas ao estande, que ficou montado na praça Washington Luiz, no Centro, durante essa semana. O material recebido será encaminhado para reciclagem e disposição final ambientalmente adequada, conforme a legislação vigente. A operação acontece uma vez por ano.

De acordo com a bióloga do setor de Resíduos Sólidos da Secretaria de Ambiente e Sustentabilidade, Gabriela Certório, a entrega, fora do período de campanha, pode ser feita no local de compra, conforme prevê a legislação. Ela acrescenta que as lâmpadas fluorescentes têm substâncias tóxicas em sua composição e seu descarte inadequado causa impactos negativos ao ambiente e à saúde.

Segundo a subsecretária de Ambiente e Sustentabilidade, Lívia Souza, a operação foi bem recebida tanto pela população, que levou lâmpadas para o descarte adequado, como também pelas empresas que demostraram responsabilidade ambiental. "Não importa o volume, o cuidado com o ambiente em que vivemos deve ser o mesmo", pontuou Livia.

Foi o caso da Escola Municipal de Educação Infantil Professor Leda Maria Ledo Esteves, que realizou um trabalho de conscientização junto aos alunos e, com isso, conseguiu realizar o descarte de um número significativo de lâmpadas.

"Estamos organizando a gincana da escola e, neste ano, o tema é sustentabilidade. Lembrando que, além da questão ambiental, no interior da lâmpada existe um componente químico muito perigoso à saúde ", disse a diretora da escola Patricia Paula da Silva.

Perigoso à saúde

Apesar da praticidade, durabilidade e economia da lâmpada fluorescente, no interior dela existe um componente químico muito perigoso à saúde: o mercúrio, um metal pesado e tóxico. Devido a ele, o descarte se torna muito complicado.

O mercúrio ainda tem a companhia do chumbo na composição das lâmpadas. O contato com a substância em níveis mais altos pode gerar sérios problemas à saúde. O maior problema acontece quando a substância é inalada, ainda mais se a quantia de mercúrio elementar for grande, o que pode causar problemas neurológicos e até hidragirismo (intoxicação que causa tosse, dispnéia, dores no peito e outros problemas mais graves).

O descarte adequado é essencial e a única alternativa para prevenção da saúde e do meio ambiente.

Para outras informações, basta entrar em contato com a Secretaria de Ambiente e Sustentabilidade pelos telefones (22) 2772-3595/ 2772-1810.

+ Mais Notícias
Busca

Destaque