Prefeitura Municipal de Macaé

Secretaria de Ambiente e Sustentabilidade

Gincana ambiental movimenta Colégio Municipal Aroeira

2017-12-01 10:57:00 - Jornalista: Joice Trindade
Compartilhe:  
um menino com uniforme de escola pública segurando um troféu e outras crianças atrás dele e dois adultos também todos dentro de uma escola
Foto: João Barreto
Ação marcou a instalação de novo posto de coleta de resíduos

O Colégio Municipal Aroeira é um dos mais novos postos de coleta de resíduos de óleo vegetal e materiais eletroeletrônicos do município. Quem quiser descartar materiais como celulares, baterias, pilhas, monitores, computadores e óleo doméstico, pode comparecer à unidade das 8h às 18h. A escola funciona na rua Alcebíades Azevedo, 186, Aroeira e conta com dois coletores. O funcionamento do novo posto foi iniciado na Gincana Sustentável, que foi encerrada nesta quinta-feira (30), junto aos alunos da unidade. O município conta com 12 pontos de coleta distribuídos em diversos bairros.

A programação desenvolvida desde outubro, em parceria entre a Secretaria de Ambiente e Sustentabilidade (Sema) e a Guarda Ambiental, envolveu 693 alunos das turmas de 1º ao 5º ano e Educação de Jovens e Adultos (EJA) da unidade. Diante da coleta foram arrecadados 992 itens eletroeletrônicos e 233 litros de óleo, que serão encaminhados para empresas especializadas do município. Um dos pontos altos da coleta foi a premiação das seis turmas dos turnos da manhã e tarde, que mais arrecadaram materiais. Os representantes que mais se destacaram ganharam troféus. Além disso, a direção da escola ganhou o certificado "Amigo da Guarda Ambiental".

Programação- A Gincana Sustentável envolveu alunos, pais e familiares dos estudantes e funcionários da escola que se mobilizaram na arrecadação de materiais. Com a quadra lotada, a premiação foi motivo de festa para os estudantes. Acompanhados pelos professores, os alunos aplaudiram e se emocionaram com a atividade. Entre eles estavam Fabiele Maia, Yasmin Rodrigues, Joan Canema e Josilane da Silva. Eles fazem parte da turma premiada do 2º ano (F2-206), que computou 327 pontos na ação. "Gostamos muito de tudo. Arrecadamos pilhas, telefone celular, tablet, bateria e óleo usado. Estamos muito felizes com o troféu", comentaram.

Para a professora integradora, Ângela Ribeiro, a ação serviu para que alunos e familiares avaliassem da melhor forma conceitos sobre sustentabilidade. "Com certeza, esta gincana vai contribuir na mudança de hábitos", disse.

Ação- A Gincana Sustentável faz parte do programa "Liga da Preservação: Guardiões Ambientais" e será estendida para outras escolas no próximo ano letivo. De acordo com a subsecretária de Ambiente, Lívia Souza, o trabalho foi um sucesso. "A expectativa é ampliar para outras escolas. Conseguimos mobilizar pais, alunos, familiares e funcionários. A proposta é conscientizar este público quanto a preservação do ambiente", ressalta.

Para as biólogas Luísa Taranto e Gabriela Certório, esta é uma maneira de levar os envolvidos à reflexão. "O óleo vegetal se descartado de forma inadequada pode contaminar rios, mares e lagoas. O ideal é efetuar o descarte em uma garrafa pet e incentivar a comunidade quanto à importância da coleta", pontuaram.

A coordenadora da Educação Ambiental da Guarda Ambiental, Raquel Giri, explicou que a programação teve como foco a mudança de postura quanto ao ambiente."Foram realizadas palestras específicas, sensibilização dos pais, apresentação teatral. Nosso trabalho é contínuo", observou acompanhada pelo guarda ambiental Romenique Lemos.

A programação foi elogiada pela direção da unidade. De acordo com a diretora da escola, Dulcinéa José da Silva Amado, a ação reforçou o trabalho da unidade, que desde o início do ano letivo desenvolve o projeto político pedagógico voltado para sustentabilidade. "Até o próximo ano, a escola terá como foco a reutilização, reciclagem e redução do lixo. A novidade é que na próxima gincana, a premiação será para turma e para o aluno, que mais se destacar", comenta.

Já a orientadora pedagógica, Amélia Gonçalves, ressalta que essas ações vão ajudar o estudante a construir uma consciência quanto ao meio ambiente. "A intenção é impulsionar nossas crianças e adolescentes a desenvolver uma atitude mais saudável", expli

+ Mais Notícias
Busca

Destaque