Prefeitura Municipal de Macaé

Secretaria de Ambiente e Sustentabilidade

Parque Atalaia tem agenda repleta até outubro

2017-08-29 10:54:00 - Jornalista: Equipe Secom
Compartilhe:  
macaco bugiu
Foto: Arquivo Secom/João Barreto
Parque possui uma das poucas reservas intactas da Mata Atlântica do Estado do Rio

O Parque Atalaia está com a agenda praticamente repleta até o final de outubro. Segundo o coordenador, o biólogo Alexandre Bezerra, escolas, universidades, projetos sociais de igrejas, ONGs, grupos de ciclistas (mountain bike) e outros estão programados para visitar o local. O parque fica a 27 quilômetros de Macaé, tem 235 hectares: 75% de mata fechada e é uma das poucas reservas intactas da Mata Atlântica do Estado do Rio de Janeiro.

A novidade é que os macacos buggios estão vocalizando no local após o surto de febre amarela. "Isso significa que o surto da doença está enfraquecido ou diminuído nos dias atuais. As equipes da Guarda Ambiental e do parque estão de prontidão para monitorar estes animais", diz Alexandre.

Ele acrescenta que se deve ficar alerta, pois no inverno a infestação de mosquitos - como o que provoca a febre amarela - é menor, por isso, a monitoração dos buggios é importante para saber se estão aumentando ou diminuindo (em caso de estarem doentes). "Isso é importante para a saúde pública e para a preservação dos primatas", avalia o coordenador do Parque Atalaia.

Independente de estarem agendadas, as famílias podem marcar presença no parque de quarta-feira a domingo. Apenas grupos acima de 15 pessoas precisam agendar pelo e-mail: agendamento.atalaia@gmail.com ou pelo telefone: (22) 998049710.

Alunos do Nupem conhecem a fauna, flora, recursos hídricos e história de Macaé

A professora de ecologia e biologia do Núcleo em Ecologia e Desenvolvimento Sócio-Ambiental de Macaé (Nupem), Malinda Henry, esteve no Parque Atalaia, junto com 40 alunos. Ela disse que o quinto Minicurso "Inverno Com Ciências" que o grupo desenvolve visa aumentar a integração entre a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e a cidade de Macaé.

- Na ocasião, fizemos passeio ecológico, conhecemos a biodiversidade e os processos ecológicos do Parque Atalaia que conta com riqueza de flora, fauna e recursos hídricos. Além do mais, a reserva também dispõe de valores históricos, uma vez que, há cem anos, era usado para abastecer a cidade de água - completa a professora.

+ Mais Notícias
Busca

Destaque