Prefeitura Municipal de Macaé

Secretaria de Ambiente e Sustentabilidade

Prefeitura realiza Gincana Ambiental no Colégio Municipal Aroeira

2017-10-11 11:54:00 - Jornalista: Equipe Secom
Compartilhe:  
Imagem de alunos na gincana
Foto: Bruno Campos
Conservação da natureza e preservação da fauna e flora são ensinados

Colocar em prática aquilo que se conhece na teoria dentro de sala de aula. Isso é o que a Secretaria de Ambiente e Sustentabilidade (Sema) e a Guarda Ambiental estão proporcionando a cerca de 600 alunos, com idades entre seis e 14 anos, do Colégio Municipal Aroeira. Estes órgãos públicos, com ajuda da escola, promovem a Gincana Sustentável, na qual as crianças recolhem óleo vegetal e produtos eletroeletrônicos já inservíveis. De 8h às 17h, desta terça-feira (10), guardas ambientais apresentaram teatro de fantoche e lançaram a gincana sobre a coleta dos resíduos, no Colégio Aroeira.

Esses produtos serão destinados de forma adequada pela Sema. A coordenadora de Educação Ambiental da Guarda Ambiental, Raquel Giri, disse que no dia 24 de outubro, serão feitas pesagem dos materiais, com premiação de troféus às três turmas melhor colocadas.

Ao todo são 25 turmas participando da Gincana Sustentável. Se descartados incorretamente, produtos eletroeletrônicos como celulares, monitores, baterias, pilhas e outros podem fazer mal à saúde da população por conter chumbo, cobre, mercúrio e cádmio. Isso e muito mais foi passado às crianças de forma lúdica, que abarcou o teatro de fantoches. Tudo para conscientizá-las e sensibilizá-las sobre conservação da natureza, não jogar lixo no chão e outros ensinamentos.

A bióloga da Sema, Luísa Taranto, ministrou palestra para os estudantes mirins sobre como produzir tintas naturais. Os participantes pintaram um mural na quadra da escola e desenharam outro, devidamente pintado pelos alunos. Tudo isso com tinta natural, feita a partir de borra de café (que gerou a cor marrom), açafrão (amarelo), planta urucum (vermelho) e couve (verde).

- O importante é ver a natureza como parte do dia a dia, utilizando elementos acessíveis e naturais como arte e diversão, numa técnica rural muito antiga, que aproxima as pessoas da natureza - avalia a bióloga.

Para a orientadora pedagógica do Colégio Municipal Aroeira, Amélia Gonçalves, a proposta da escola é ser sustentável, como espaço acolhedor e que tenha acessibilidade, além de efetuar uma gestão democrática. "Estas são questões do Plano de Desenvolvimento da Escola (PDE), nas quais ações práticas vêm ao encontro das teorias ministradas nas aulas de ciências naturais, história e geografia", diz.

- Pedagogicamente, esse processo experimentado devido a gincana, é a concretização de atitudes práticas, de ações sustentáveis. Isso se propõe a formar cidadãos mais conscientes e conectados com o desenvolvimento cultural da sociedade - completa.

+ Mais Notícias
Busca

Destaque