Prefeitura Municipal de Macaé

Secretaria de Educação

Educação agita Viva Escola Viva

2017-09-13 17:04:00 - Jornalista: Joice Trindade
Compartilhe:  
Foto de crianças na escola
Foto: Maurício Porão
Integração entre os estudantes marcou a edição desta quarta, no Darcy Ribeiro

A integração entre os estudantes marcou a edição do "Viva Escola Viva", que agitou, nesta quarta-feira (13), a quadra do Ciep Municipal Professor Darcy Ribeiro, na Nova Holanda. A finalidade da atividade é destacar talentos e mostrar algumas atividades culturais desenvolvidas junto aos alunos.

A programação, que contagiou alunos da Educação Infantil e do 1º ao 5º ano, também envolveu a comunidade, que compareceu ao evento para assistir as apresentações culturais e participar de oficinas educativas. A dona de casa Manoele de Oliveira do Carmo é uma delas. Mãe dos alunos Guilherme do Carmo e Breno do Carmo, ela elogiou a programação. "Fico feliz em ver o envolvimento dos estudantes, em especial dos meus filhos em um evento tão especial. A escola está de parabéns", comenta.

Com 385 alunos, o Ciep Municipal Darcy Ribeiro recebeu a programação com atividades específicas voltadas para o processo ensino-aprendizagem. De acordo com a diretora da unidade, Priscilla Rangel, a parceria com a comunidade da Nova Holanda é fundamental para realização de atividades na quadra. "A escola funciona em tempo integral e prima pela aproximação da família, socialização e trabalho pedagógico em prol da formação do aluno", comenta.

Presente, o secretário de Educação, Guto Garcia, lembrou que a programação que foi idealizada aos mesmos moldes do "Viva Praça Viva", é realizada nos cieps municipais para, posteriormente, acontecer junto aos alunos das escolas municipais. "O projeto tem objetivo de possibilitar ações culturais para a comunidade escolar, visando o desenvolvimento do estudante e o sentimento de pertencimento. A proposta é contribuir com a formação dos alunos", pontuou.

Programação

A abertura do "Viva Escola Viva" foi marcada pela musicalidade da banda da Secretaria de Educação. O público também assistiu uma apresentação da banda de MPB Groove, com alunos/músicos do Colégio Municipal Zelita Rocha. A banda, que ensaia periodicamente na escola, é reconhecida por shows na própria escola, eventos e programações especiais como o "Viva Praça Viva".

A programação também contou com coreografia "Carimbó" e "Catiara" da Escola Municipal de Educação Infantil Professora Cândida Maria da Silva Vieira. Os alunos do Ciep Municipal Darcy Ribeiro também apresentaram as danças "O sopro indígena", "O Pano Mágico" e a coreografia "Pororó". Emocionadas, as estudantes do 3º ano Leandra Vitória Siqueira e Victória dos Santos Lima fizeram questão de assistir as apresentações e também dançar. "Ensaiamos bastante. É muito legal ver nossa escola animada assim. Gostamos muito", contou Victória.

Os estudantes do Colégio Municipal Zelita Rocha de Azevedo também contagiaram o público com a dança de rua infantil. Diante de aplausos, o público também assistiu à apresentação "Moléculas" com o coreógrafo Maurício Arêas, que atua no Cemeaes da Barra.

O “Viva Escola Viva” foi animado pela dança dos alunos atendidos pelo Polo de Cultura da Fronteira. Eles foram responsáveis pela apresentação “Cores do Vento”. Animadas, as alunas de balé do Polo Fronteira, Luyane de Souza, Victoria da Conceição e Anna Luísa Neves afirmaram que não vão esquecer do evento. "Foi muito legal participar. Ficamos nervosas, mas depois que vimos todos juntos para nos assistir fizemos questão de fazer bem bonito", contou Anna.

Atividades

A programação foi marcada, ainda, pelo incentivo à leitura com a participação do grupo HistoriArte, contadores de historia da rede municipal e a Biblioteca sobre rodas, espaço itinerante dotado de cerca de 500 títulos, que oferece a oportunidade dos alunos viajarem no universo da literatura.

Na oportunidade a superintendente de Educação Integrada, Andrea Martins, parabenizou todos os participantes. "Pudemos registrar interação de profissionais, alunos e comunidade. Isso é muito importante", afirmou.

Oficinas culturais

Oficinas educativas integraram alunos participantes do "Viva Escola Viva". Foram promovidas atividades específicas de percussão com os professores do Polo de Cultura Fronteira e capoeira com o professor Jocimar Pereira do grupo Abadá Capoeira. A aula de dança ficou por conta da professora Renata Farah, oficina promovida com a finalidade de incentivar a atividade cultural e despertar talentos.

+ Mais Notícias
Busca

Destaque