Prefeitura Municipal de Macaé

Secretaria de Agroeconomia

Centro de Equoterapia passa por reformulação e modernização

2018-06-07 15:12:00 - Jornalista: Julie Silveira
Compartilhe:  
Foto de pessoas no Centro de Equoterapia
Foto: Guga Malheiros
O espaço está localizado no Parque de Exposições Latiff Mussi

O Centro de Equoterapia de Macaé (CEM), que beneficia 175 pessoas com necessidades de desenvolvimento físico, psicológico e social, passa por processo de reformulação e modernização. Com a proposta de melhor atender os usuários, o Centro está recebendo ações de reforma de telhado, troca de calha e rampa de acesso, substituição de cavalos e areia, pintura, além de wifi liberada para entreter os responsáveis durante a espera. O espaço está localizado no Parque de Exposições Latiff Mussi, com atendimento de segunda a sexta-feira, de 8h às 17h.

A mãe do pequeno Matheus Santos (9), que sofre de paralisia cerebral espástica, Ana Beatriz Santos (22), agradece. "Sou mãe de mais dois filhos e não é fácil a minha logística. Matheus já faz a terapia com os cavalos há quatro anos. Ele chegou aqui sem andar e hoje, com o tronco mais firme, Matheus consegue caminhar segurando nas paredes. Enquanto aguardo na sala de espera, posso descansar e tenho acesso a internet. Meus outros filhos esperam o irmão se divertindo na sala de brinquedos", pontuou Ana Beatriz.

De acordo com o secretário de Agroeconomia, Jonas Siqueira, alguns animais estão em idade de se "aposentar" e, com isso, novos cavalos assumirão a função. O espaço também vai receber pintura do novo percurso utilizado pelos cavalos.

"O tratamento é direcionado às pessoas com paralisia cerebral, síndrome de down, autismo e outras indicações médicas para um trabalho complementar. A ideia é buscar a evolução da psicomotrocidade, por meio de atividades lúdicas com cavalos. Por isso, a importância de manter o local sempre acessível, com espaço adequado para melhor atender os usuários e seus responsáveis", detalhou.

O Centro de Equoterapia de Macaé conta com sete cavalos para a prática da terapia. A utilização do cavalo é um método de terapia com vários benefícios: melhora o equilíbrio e a postura; desenvolve a coordenação de movimentos entre tronco, membros e visão; estimula os órgãos do sentido; promove organização e consciência do corpo; motiva o aprendizado; aumenta a capacidade de independência e de decisão. Na região serrana, as atividades da equoterapia beneficiam oito usuários.

A equoterapia funciona com uma equipe multidisciplinar formada por condutores, fisioterapeutas, psicólogos, professores de educação física, tratadores e educadores de animais.

Para participar do programa é necessário entrar na lista de espera. A inscrição deve ser realizada no Parque de Exposições Latiff Mussi Rocha, localizado na rodovia Amaral Peixoto, s/n, bairro São José do Barreto, de 8h às 17h. O responsável deve levar documentos de identificação e encaminhamento médico para o cadastro. A pessoa com necessidade do tratamento será avaliada pela equipe multidisciplinar do CEM.

+ Mais Notícias