Secretaria de Agroeconomia

Produtores de Macaé se preparam para emitir selo de comércio nacional

2019-08-27 10:30:00 - Jornalista: Liliane Barboza
Compartilhe:  
Foto: Ana Chaffin
O selo do Sistema Brasileiro de Inspeção permite a comercialização do produto de origem animal em outras cidades e estados

Auditores do Ministério da Agricultura junto, com técnicos da Secretaria de Agroeconomia, estão em Macaé e, até quarta-feira (28), realizarão vistorias em empresas para verificar se elas podem receber o selo do Sistema Brasileiro de Inspeção de Produtos de Origem Animal, o Sisbi. O objetivo é possibilitar que esses produtores estejam legalizados para comercializar seus produtos em outras cidades e estados do país.

O secretário de Agroeconomia, George Jardim, explica que todos que comercializam produtos de origem animal necessitam do selo do Serviço de Inspeção Municipal (SIM) para vender dentro do município. A certificação garante a qualidade e também a legalidade do empreendimento.

"Com o Sistema Brasileiro de Inspeção de Produtos de Origem Animal, o Sisbi, o empreendedor poderá vender seu produto não só em Macaé, mas também em outras cidades e estados. Nós seremos o primeiro município no estado a ter como emitir esse selo", informou.

George acrescentou ainda que, ao adquirir esse selo, o produtor terá a oportunidade de ampliar seus negócios, fomentando, dessa forma, a cadeia produtiva, gerando também mais empregos. "Em nossa cidade, existem cadastrados 90 produtores de queijo, mas, somente dois estão com o selo Serviço de Inspeção Municipal, o SIM. Quando o consumidor verifica que o produto foi inspecionado, tem a garantia de estar comprando um item com qualidade para o consumo", acrescentou.

O médico veterinário, Paulo Barros, também responsável pelo Setor de Inspeção Municipal, da Secretaria de Agroeconomia, informou que está programado para esses três dias de presença dos auditores do Ministério da Agricultura em Macaé, a visita a duas empresas que comercializam pescado no município.

"Nós realizamos visitas quinzenalmente nos locais onde comercializam produtos de origem animal, pois é uma exigência de que eles tenham o selo de inspeção. Caso eles não tenham, serão notificados e orientados sobre a importância de tê-los. A adesão ao Sistema Brasileiro de Inspeção de Produtos de Origem Animal, o Sisbi, será um grande ganho para o nosso município", ressaltou.

Paulo informou ainda que, em setembro, os produtos terão os dois selos, o SIM e o Sisbi. Caso o responsável pelo empreendimento tenha alguma dúvida, o setor de inspeção possui cinco técnicos habilitados a dar informações e orientar sobre o assunto.

Mais informações poderão ser obtidas ainda pelo telefone 2759-1896, de segunda a sexta-feira, de 8h às 17h. A Secretaria de Agroeconomia funciona na Rodovia Amaral Peixoto, Km 171, s/nº, Parque de Exposições Latiff Mussi Rocha.

+ Mais Notícias