Adolescentes do Nova Vida têm incentivo à autoestima

2019-10-25 18:19:00 - Jornalista: Equipe Secom
Compartilhe:  
Foto: Bruno Campos e divulgação
Reunião com o grupo é mensal e busca aprimorar a formação dos jovens

"Você é capaz de realizar seus próprios sonhos". Essa foi uma das inúmeras frases motivacionais que 215 adolescentes do Nova Vida absorveram na tarde desta sexta-feira (25), no auditório Cláudio Ulpiano, na Cidade Universitária. O palestrante foi o coordenador do programa, o pedagogo Douglas Fontes. O tema deste encontro foi Autoestima.

A reunião com o grupo é mensal, nela um tema é debatido, refletido e apreciado pelo público-alvo. "Além do mais, passamos aos meninos e meninas de 14 a 17 anos e 11 meses diretrizes como a importância de se usar o uniforme e marcar o ponto, além de ter notas satisfatórias na escola, fator necessário para eles estarem no Nova Vida", comenta ele.

Sobre o assunto deste mês, Douglas conta que tem visto falta de motivação por parte dos adolescentes tanto em suas escolas, quanto em seus trabalhos. "Ainda por cima muitos deles não têm definição sobre o que fazer no futuro", refletiu. Por isso, apresentou durante a palestra opções de cursos como FeMASS, Cederj e outras faculdades públicas, sem se esquecer de valorizar o Ensino Médio.

"Minha intenção é que os adolescentes sejam adultos protagonistas de sua própria história. Muitos que passaram pelo Programa Nova Vida hoje estão cursando a Faculdade Salesiana com bolsa integral, outros cursam outras faculdades. Ainda há aqueles que já estão inseridos no mercado de trabalho. Queremos que eles sejam produtivos e proativos em seus setores de trabalho na prefeitura, que comecem bem a sua vida profissional conosco", pontua Douglas.

Uma motivação necessária

Para a integrante do Nova Vida, Andrezza da Silva, de 16 anos, todos somos capazes de conquistar nossos objetivos. "A valorização dos sonhos também têm imenso valor", afirma.

Já Alex Araújo, de 15 anos, disse que gostou mais quando se falou sobre motivação. "A palestra de hoje conseguiu incentivar cada um de nós", ressalta.

Laura Izabele, de 16 anos, comentou que o incentivo é bom. "Há muita gente necessitada de uma palavra de afirmação, e isso é muito válido. "A gente precisa acreditar em si mesmo", conclui.

Busca

Acesso Rápido

Destaque