Agricultura familiar reforça merenda escolar

2019-02-27 10:34:00 - Jornalista: Joice Trindade
Compartilhe:  
Foto: Bruno Campos - Arquivo Secom
Iniciativa valoriza a alimentação com cardápio balanceado e nutritivo

A merenda dos alunos das escolas municipais é reforçada com produtos da agricultura familiar. Os alimentos frescos e naturais são entregues para escolas da área central, bairros e região serrana. A iniciativa valoriza a alimentação com cardápio balanceado e nutritivo. São distribuídos gêneros como batata doce, alface, cebolinha, couve, cebola, salsa e banana prata.

Com a inserção dos produtos, Macaé segue a determinação da Lei 11.947/2009, que prevê a aplicação de 30% dos recursos da merenda escolar, provenientes do Governo Federal, na compra de produtos da Agricultura Familiar. O município foi um dos pioneiros na região a seguir a legislação federal. Hoje, Macaé oferece diariamente café da manhã (desjejum), almoço, lanche da tarde e jantar para os estudantes do turno da noite. O cardápio é diferenciado para alunos que apresentam patologias como intolerância à lactose, glúten e diabetes

O oferecimento de produtos específicos da agricultura local é uma ação integrada das secretarias de Agroeconomia e Educação. O trabalho conta com a atuação de 37 produtores da região serrana e cooperativas. Para atender a rede municipal neste ano letivo, os profissionais foram devidamente cadastrados pela Secretaria de Agroeconomia. Durante o trabalho, os representantes visitaram os sítios com o objetivo de conhecer o projeto de venda de cada unidade família.

De acordo com o secretário de Educação, Guto Garcia, a rede municipal prioriza alimentos produzidos de acordo com as boas práticas agrícolas e de fabricação. "A prioridade é atender o cardápio dos estudantes com diversificação de produtos. Contribuir para aprendizagem, rendimento escolar e formação de hábitos saudáveis dos alunos", pontuou.

Os produtores recebem orientações para diversificação dos gêneros, cuidados na pesagem, armazenamento, separação e fracionamento, além da qualidade dos produtos. Todas às segundas-feiras, os produtos são fracionados no galpão da Secretaria de Agroeconomia. Já às terças, é realizada a entrega nas escolas municipais.

A Coordenadoria de Nutrição da Secretaria de Educação ressalta que os produtos são produzidos, acondicionados e transportados de acordo com as normas da Vigilância Sanitária. Na lista de itens que vão fazer parte da merenda também estão beterraba, cenoura, alho-poró e banana d´água. Segundo a coordenadora, Dina Freitas, com o oferecimento de alimentos da safra, a merenda escolar só tem a ganhar.

"Com acesso a produtos produzidos em condições climáticas ideais, a qualidade nutricional da merenda fica melhor. Além dos nutrientes, os sabores e aromas com produtos da agricultura familiar ficam ainda mais intensos", concluiu.

Busca

Acesso Rápido

Destaque