Alunos aprendem a cuidar do patrimônio público

2019-04-01 17:52:00 - Jornalista: Joice Trindade
Compartilhe:  
Foto: Ana Chaffin
Escola Municipalizada Caetano Dias possui 272 alunos que ajudam a zelar pela unidade

A educação de Macaé está ensinando os alunos, desde pequenos, a cuidar do patrimônio público. Estudantes da Educação Infantil, Ensino Fundamental, Educação de Jovens e Adultos (EJA) e Ensino Médio estão participando do projeto "Proteger o patrimônio público é cuidar do que é de todos nós”. O objetivo é destacar a importância da conservação do patrimônio escolar, além de identificar situações possíveis de destruição e desenvolver atividades de conscientização. O projeto é da Secretaria de Educação, em parceria com a Secretaria Adjunta de Patrimônio, ligada à Secretaria Municipal de Administração.

A Escola Municipalizada Caetano Dias é uma delas. Com 272 alunos na faixa de dois a cinco anos, o espaço escolar segue até o mês de novembro com atividades. Conduzidos pelos professores, os estudantes participam de ações no pátio e na sala de aula em prol do cuidado com os bens patrimoniais. Yasmin de Amorim, João Gabriel Barcelos, Pedro Coelho Ferreira e Davi Nascimento Alves, todos de quatro anos, promovem atividades no pátio, refeitório, parquinho, corredores e salas.

Além de produzir cartazes sobre o tema, eles visitam as dependências da escola identificando quais os pontos necessitam de maior cuidado como mesas, armários,ventiladores, quadros e brinquedos. "Temos que cuidar da nossa escola e deixá-la cada vez mais bonita", disse Yasmin. Já os alunos Pedro, João Gabriel e Davi afirmam que também devem ter cuidado quanto ao desperdício de água e comida. "Temos que cuidar da água e não desperdiçar nas torneiras", pontuaram.

A ação ganhou apoio da professora da turma de pré I, Maria Jaqueline Chaves, que criou a música "Minha escola querida". "Estou muito satisfeita com o retorno dos estudantes. Atuo há 19 anos na rede municipal e vejo a importância de trabalhar com a educação infantil, que é a base. É nesta etapa que conseguimos levar conceitos e conhecimentos que serão levados para toda a vida", comenta a professora. A atividade na escola, segundo a diretora Andrea Garbelini, terá um destaque nesta quarta-feira (3), quando será realizado o Momento Social, com dramatização, jogral e musicalidade. Neste mês, o tema trabalhado será "Saber Cuidar".

Estudantes do Ensino Fundamental promovem atividades de manutenção

Além dos pequenos, os estudantes do Ensino Fundamental são os responsáveis pelo estado de conservação e o funcionamento dos bens públicos dentro dos estabelecimentos de ensino. Em cada escola o representante de turma é nomeado agente patrimonial, verifica as salas de aula diariamente para que todos recebam tudo funcionando de forma adequada. Seguindo este objetivo, o Colégio Municipal Ancyra Gonçalves Pimentel (Miramar) promove o "Guardiões Escolares", projeto que acontece no contraturno, em que os alunos acompanham atividades de manutenção do espaço escolar.

De acordo com o coordenador dos agentes patrimoniais da Educação, Tiago Umbelino, o projeto é importante para que haja mudança do perfil da aquisição dos bens. "Os cuidados e consequente durabilidade são as prioridades", destaca. No decorrer deste ano letivo, as ações serão estendidas aos pátios, refeitório, biblioteca, laboratório, quadra e demais espaços das escolas para que também os resíduos sejam colocados na lixeira e as paredes estejam sempre limpas.

O agente patrimonial mirim entregará, mensalmente, o resultado da fiscalização à direção da escola, que o repassará à Secretaria de Educação para avaliação do estado geral do patrimônio público escolar.

Até o final do ano letivo, as equipes gestoras das unidades municipais terão que apresentar para a Secretaria de Educação portifólio com os procedimentos da gestão de bens patrimoniais e controle e o organograma de todo o fluxo de bens móveis e imóveis.

Busca

Acesso Rápido

Destaque