CCZ realiza vistorias e orienta moradores nas ações contra o Aedes

2019-05-09 17:36:00 - Jornalista: Genimarta Oliveira
Compartilhe:  
Foto: Divulgação
Nas visitas, agentes de endemias do CCZ instalam telas de proteção em recipientes de armazenamento de água

O Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), da Secretaria de Saúde, está realizando, desde segunda-feira (6), o Levantamento Rápido de Índice para o Aedes aegypti (LIRAa). O resultado da pesquisa vai auxiliar o governo na definição das ações que serão realizadas no combate ao mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya.

O supervisor do CCZ, Flávio Paschoal, explica que o LIRAa é uma das ferramentas utilizadas pela Secretaria de Saúde para orientar as ações de controle na cidade, permitindo que sejam priorizadas as áreas onde há maior infestação do mosquito transmissor da doença. “O LIRAa nos fornece o diagnóstico rápido da situação do município, facilitando assim nossa ação de combate à doença”, destacou.

Além da pesquisa, os agentes de endemias estão vistoriando os imóveis e orientando a população sobre os cuidados necessários para evitar a infestação do mosquito Aedes aegypti.

Nas visitas, a equipe faz a distribuição de material informativo, com orientações sobre as doenças e métodos para evitar a proliferação do Aedes, além de demonstrações práticas que incluem as maneiras de evitar o nascedouro do mosquito, tais como manter fechadas as caixas d'água, lavar os bebedouros dos animais, evitar acumular água em pratos de plantas, entre outras ações.

A orientação do Centro de Controle de Zoonoses é de que a população não deve descuidar, mesmo no período do outono e, sempre que possível, vistoriar o quintal e verificar se existe água acumulada que serve de possíveis focos do mosquito Aedes aegypti.

Para solicitações, denúncias e informações, a população pode utilizar a ferramenta de comunicação via WhatsApp pelo número 99864-4073. A comunicação é feita direto com o Centro de Controle de Zoonoses.

Busca

Acesso Rápido

Destaque