Começa alistamento militar obrigatório

2020-01-03 10:06:00 - Jornalista: Janira Braga
Compartilhe:  
Foto: Arte
Junta de Serviço Militar funciona de segunda a sexta-feira, de 8h às 14h, na Praça Washington Luiz

Começou nesta semana o alistamento militar obrigatório. O cadastro seguirá até 30 de junho para os jovens do sexo masculino que nasceram no ano de 2002, ou seja, que completam 18 anos em 2020 e também para cidadãos que nasceram antes de 2002 e que ainda não fizeram o alistamento e devem se regularizar.

Em Macaé, os jovens podem comparecer à Junta de Serviço Militar (JSM) municipal, de segunda a sexta-feira, de 8h às 14h, na Praça Washington Luiz, s/n, em um quiosque azul e branco identificado. Caso seja de preferência do futuro alistado, ele pode fazer o procedimento online pelo www.alistamento.eb.mil.br. A vantagem de se fazer pela internet, também até 30 de junho, é que o cadastro pode ser realizado inclusive sábado e domingo.

Após a inscrição no site, deve ser impresso o certificado. De acordo com o secretário da Junta Militar de Macaé, Isaque Martins, o jovem deve guardar o certificado sem plastificar porque ele ainda vai passar por outras etapas. "Se o cidadão não tiver como imprimir em casa, basta levar à Junta de Serviço Militar o documento de identidade que fazemos a impressão", destacou Isaque.

Os documentos necessários para o alistamento são: originais de identidade, CPF e comprovante de residência. É preciso disponibilizar um número de celular e um e-mail ativos. Apos o alistamento, os jovens vão receber no celular e no e-mail informações de 13 de a 31 de julho marcando dia, horário e local para a apresentação.

Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 2762 3851, de 8h às 14h ou pelo e-mail jsm032.macaerj@yahoo.com.br. As mulheres estão isentas do Serviço Militar obrigatório e podem ingressar nas Forças Armadas com concurso público.

Em 2020, a expectativa do Ministério da Defesa é que quase 2 milhões de jovens realizem o alistamento e que 100 mil sejam incorporados para trabalhar na Marinha, no Exército ou na Aeronáutica. Quem não regularizar sua situação não poderá tirar passaporte, prestar exame para estabelecimento de ensino, tirar carteira de trabalho, ingressar no serviço público ou mesmo na iniciativa privada.


Busca

Acesso Rápido

Destaque