Cuidado com dengue deve aumentar com calor

2019-11-05 11:27:00 - Jornalista: Liliane Barboza
Compartilhe:  
Imagem de agente de endemias fazendo inspeção
Foto: Arquivo Secom
Agentes eliminam possíveis focos do mosquito

Agentes de Combate a Endemias, do Centro de Controle de Zoonoses, da Secretaria de Saúde, realizam esta semana, marcada pelo aumento da temperatura, ações de combate ao Aedes aegypti, responsável por transmitir dengue, chicungunha e zika vírus. São promovidos trabalhos de eliminação de criadouros, controle químico e colocação de larvicida. Além disso, é feito o controle de roedores.

O coordenador do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), Flávio Paschoal, orienta os moradores para que recebam os agentes de endemias que atuam no combate ao Aedes. A população também pode colaborar mantendo suas casas sem criadouros e materiais que possam acumular água.

Os agentes de endemias realizam diariamente visitas domiciliares, com foco na eliminação dos criadouros inservíveis, como latas, garrafas, potes, casca de ovo, copos descartáveis e outros, bem como proteção daqueles servíveis.

A equipe também faz o controle químico com aplicação de larvicida em depósitos que não possam ser eliminados, como caixas d'água, além da pulverização com inseticidas para eliminação do mosquito na fase adulta.

O CCZ faz ainda o serviço de controle de roedores, no qual os agentes verificam a existência de tocas e fazem a instalação de iscas (raticida), que são colocadas de forma adequada, sem riscos para o homem e animais. Flávio ressalta que é importante a população se conscientizar e não jogar lixo na rua e terrenos.

Em casos de chuvas, a programação será alterada. Solicitações e reclamações poderão ser feitas pelos telefones 2796-1843, o Disque Dengue 0800-0226461 e ainda o WhatsApp 99864-4073.

O controle de roedores é feito nesta terça-feira (5) na Barra de Macaé; quarta-feira (6) no Lagomar; quinta-feira (7) no Visconde de Araújo e sexta-feira (8) na Aroeira.

Busca

Acesso Rápido

Destaque