Defesa Civil realiza palestra educativa na Casa do Estudante

2019-04-03 19:00:00 - Jornalista: Julie Silveira
Compartilhe:  
Foto: Bruno Campos
O objetivo foi orientar e treinar os participantes sobre segurança no lar, combate a incêndio e primeiros socorros

A Secretaria Adjunta de Defesa Civil ministrou, nesta quarta-feira (3), na Casa do Estudante, palestra educativa para cerca de 20 pessoas, entre estudantes e servidores. O objetivo foi orientar e treinar os participantes sobre segurança no lar, combate a incêndio e primeiros socorros.

Quem conduziu a palestra foi o Técnico de Segurança da Secretaria Adjunta de Defesa Civil, Régis Lima. Segundo ele, entre as orientações repassadas aos participantes, estão noções de como agir em casos de paradas cardiorrespiratórias, desmaios, convulsões, engasgos, queimadura, ferimentos e outras situações emergenciais.

"Na palestra sobre combate a incêndio, por exemplo, o aluno consegue distinguir a classe de incêndio e o tipo de extintor que deverá ser utilizado em cada situação. Informações como essas são fundamentais para que um eventual incêndio seja combatido de forma imediata", destacou Régis.

Aluno do sexto de Engenharia de Controle e Automação, do Instituto Federal Fluminense (IFF), Bruno Garcia (24), destacou a importância de ações como essa.

"Todo aprendizado é válido. Por se tratar de uma estrutura de hotel, é fundamental que nós, atuais moradores da Casa, saibamos como conduzir uma situação de emergência", pontuou o aluno.

De acordo com o gestor da Casa do Estudante, Leonardo Cultura, os alunos se tornaram uma grande família. "Eles têm a necessidade de auxiliar uns aos outros em diversas situações. Uma das propostas da ação é justamente essa. Além de orientar sobre os primeiros cuidados em situações de incidentes, oferecer aos alunos um ambiente acolhedor, que agrega valores."

"Orientamos aos alunos que os ensinamentos apreendidos podem, também, serem aplicados em sua comunidade. Em suas casas. Em diversos ambientes. A ideia é contribuir na formação de profissionais humanizados. Aos que não puderam comparecer, na próxima quarta-feira (10), às 9h, acontecerá mais um encontro. Ao todo, 30 pessoas receberão o treinamento. A palestra tem duração de 2h30m ", explicou.

A Casa do Estudante

O projeto Moradia Estudantil temporária é desenvolvido pela Prefeitura de Macaé, por meio da Secretaria de Ensino Superior, através da Superintendência Acadêmica, tendo como parceiros a Faculdade Miguel Ângelo da Silva Santos (FeMASS), Universidade Federal Fluminense (UFF), Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e Instituto Federal Fluminense (IFF).

O prédio da Casa do Estudante foi alugado pela prefeitura para oferecer condições de moradia aos estudantes em comprovada situação de vulnerabilidade socioeconômica, maiores de 18 anos de idade, oriundos de cidades distantes de Macaé, bem como contribuir para a permanência deles nas universidades, promovendo um ambiente de convivência e estudo.

Busca

Acesso Rápido

Destaque