Desfile e Semana de Museus são destaques de maio

2019-05-10 19:11:00 - Jornalista: Andréa Lisboa
Compartilhe:  
Foto: Raphael Bózeo
Abertura da exposição ‘Cultura para todos, o futuro das tradições’ será na segunda-feira (13), às 18h

A diversificada programação de maio do Solar dos Mellos se iniciou no ‘Quintas do Museu’ especial desta semana, com sucesso de público no ‘Segundo Desfile de Moda Handmade’. O evento valorizou na passarela a moda feita à mão de Macaé, homenageou às mães pela data comemorativa, 12 de maio, e ainda prestou tributo a compositores locais, com o lançamento do CD de Alemão. Já nesta segunda-feira (13), às 18h, será aberta a ‘17ª Semana dos Museus’, com o vernissage da exposição ‘Cultura para Todos, o Futuro das Tradições’. Todas as ações culturais têm entrada franca.

A Semana Nacional de Museu é realizada em Macaé há dez anos em comemoração ao Dia Internacional de Museus, 18 de maio. O objetivo desta edição, com o tema ‘Museus como Núcleos Culturais: O Futuro das Tradições’, é abrir um debate sobre o papel dos museus como centros emanadores e receptores de práticas, costumes e pensamentos de nossa cultura. Voltadas para a exposição, que propõe um mergulho na cultura cafeeira regional, acontecerão visitas guiadas para grupos durante toda a semana, de manhã e à tarde, e ainda palestras. Para participar não é preciso fazer inscrição.

Nesta segunda-feira (13), às 19h30, após a abertura da exposição, a empresária do ‘Café Casarão’, Roberta Reis, abordará o tema: “Do Grão até a Xícara, uma Breve História do Café”. Os convidados Maria Adriana Monnerat Erthal e Everardo Tardin Erthal, da quinta geração da família de tradição cafeeira na região, darão suas contribuições de memória.

A palestra de terça-feira (14), às 19h, será ministrada pelo Doutorando em História, Meynardo Rocha de Carvalho e discorrerá sobre o tema “Cultura para Todos, o Futuro das Tradições”.

"A história de cada pessoa como patrimônio da humanidade contribui para a construção de uma cultura da memória. A principal missão do museu Solar dos Mellos é ser guardião e disseminador de narrativas de vida, principalmente quando nelas estão contidos os valores das tradições. Ao preservar histórias de vida, transformamos o simples cotidiano em conhecimento; as experiências vividas, em conexões entre o ontem e o hoje e entre pessoas e povos", disse a curadora da exposição, Cláudia Barreto.



A exposição foi produzida com a contribuição da equipe do ‘Macaé em fontes primárias’, projeto do museu que integra o programa de Educação Patrimonial do município, coordenado pelo historiador Bruno Rodrigues. Ele também é responsável pelo projeto ‘Visita Guiada’. A exposição mesclará informações inéditas contidas em documentos históricos, como inventários de 1838, 1849 e 1879; obras do caricaturista e chargista macaense Seth (Álvaro Marins, *1911-1949+) e peças da cafeicultura, parte de acervos particulares. Mas o visitante também será surpreendido pela arte contemporânea e por inovações futuristas.

Museu vivo

Fazer do museu um espaço para a cultura-viva é uma das metas que o Solar dos Mellos tem cumprido, assim como a de transformar a casa em um polo para educação informal em nichos distintos. O sucesso do ‘Segundo Desfile de Moda Handmande’ foi resultante destas propostas. Com um número maior de microempreendedores do artesanato e da gastronomia participando do evento e com uma maior variedade de peças expostas do que na edição de dezembro de 2018, a ação encantou o público e os colaboradores. Desde o ano anterior, é oferecida no museu formação continuada em empreendedorismo e em artesanato para a melhoria de resultados em geração de renda e para a valorização da cultura local.

O desfile, idealizado por Cláudia Barreto, foi produzido por Hélder Santana e Ivana Mussi. “É um prazer ver este como o resultado de um trabalho longo. É um projeto que dá oportunidades a quem produz peças à mão. Essa é também uma forma de incentivarmos novos talentos da produção criativa. Essas são pessoas que se reinventam a cada dia. É muito bom vê-las com brilho nos olhos”, disse o secretário de Cultura, Thales Coutinho.

O desfile foi aberto pelo lançamento do CD do compositor Alemão (Amilton Vieira de Mattos, 67), que contou com a participação de compositores da cidade e de renome nacional. Entre eles, Wanderley Carvalho, na Portela desde 2005, que foi ganhador de cinco sambas-enredos e é parceiro de partidos-alto do Alemão.

"Este espaço está sendo muito importante para movimentar a cultura da cidade. É necessário que haja este incentivo do ente público, porque há muito bons compositores em Macaé. Vocês estão de parabéns", disse Wanderley.

O Solar dos Mellos está localizado na Rua Conde de Araruama, 248, no Centro. Informações pelo telefone 2759-5049. Confira no Portal da Prefeitura de Macaé a programação completa da 17ª Semana dos Museus (www.macae.rj.gov.br).

Busca

Acesso Rápido

Destaque