Educação discute orientações curriculares com diretores

2019-11-01 15:49:00 - Jornalista: Elis Regina Nuffer
Compartilhe:  
Foto: Divulgação
Encontro reuniu diretores das 60 escolas da Educação Infantil, do Maternal à Pré-Escola

Os princípios e as etapas do Plano Municipal pela Primeira Infância conduziram a reunião dos diretores das 60 escolas da Educação Infantil, do Maternal à Pré-Escola, da rede pública municipal de Macaé com o secretário Guto Garcia, na manhã desta sexta-feira (1º), no Auditório Claudio Ulpiano, na Cidade Universitária. O objetivo do encontro foi ampliar as discussões dos profissionais, responsáveis pela organização das escolas, sobre as orientações curriculares, com ênfase nas concepções da criança.

“O trabalho da Educação Infantil é a base da Educação, é a primeira etapa e é fundamental o que vocês fazem para garantir o melhor às crianças e despertando nelas a vontade de sempre estudar, de ir para a escola, de participarem das atividades. Nesta fase, o protagonismo infantil envolve o ensino e aprendizagem associados ao lúdico, implementados com organização e planejamento, esse é o diferencial da Educação Infantil feita com qualidade como a nossa”, disse Guto Garcia.

A superintendente de Educação Infantil, Mariana Duarte, falou sobre a concepção do horário integral e os projetos diferenciados na rotina de cada unidade que devem levar aos alunos ações contributivas e os seus objetivos através de roda de conversa, tempo para descanso das crianças, higiene pessoal dela e banho de sol, além de rotina de brincadeiras, nos turnos da manhã e da tarde.

“Já oferecemos os Círculos de Formação tratando do currículo com leitura e escrita na Educação Infantil e as práticas orientadas para o desenvolvimento dessas habilidades nos alunos dentro da escola, com base no contexto significativo. E este trabalho é contínuo, sempre colocando a criança em primeiro plano”, destacou.

Segundo ainda Mariana, a organização das escolas e o planejamento por parte dos professores requerem diversos aspectos como: primeiro a criança, depois tempo, espaço, materiais, partindo de um olhar sensível e atento do professor para escutar a criança e dialogar com os seus interesses e curiosidades. As orientações passadas na reunião tiveram como referência a Base Nacional Comum Curricular (BNCC) em consonância com os princípios das Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Infantil (DCNEI), do Ministério da Educação (MEC).

Busca

Acesso Rápido

Destaque