Macaé Esporte é Primeira Divisão!!!

2007-11-18 00:06:10 - Jornalista: Tiago Ferreira
Compartilhe:  

Após “bater na trave” quatro vezes, com os vice-campeonatos da Segundona de 1999, 2002 e 2006 e da Seletiva do último ano, que acabou invalidada pela Justiça, o Macaé Esporte realizou na tarde deste sábado (17) o seu mais cobiçado sonho: chegar à elite do futebol do Rio de Janeiro. E o passaporte foi carimbado depois do empate em 1 a 1 contra Floresta no Estádio José de Souza Carvalho, em Cambuci.

O resultado mantém o Macaé na vice-liderança do Grupo I, com 10 pontos, e classifica o time para o quadrangular final da Segundona. O líder da chave é o Cardoso Moreira, com 13 pontos, que já havia assegurado sua presença na Série A no ano que vem. A equipe ficou no 1 a 1 com o Independente neste sábado. Os dois primeiros do Grupo J, que ainda está indefinido, completam a fase final e também passam para a elite.

Profissionalizado em 1998, o Macaé Esporte foi campeão da Terceira Divisão logo em seu primeiro ano. Só que agora é para valer. Dez anos depois, o alvianil vai competir com os maiores clubes do Rio de Janeiro. Na próxima terça-feira (20), às 16h, Macaé e Cardoso Moreira medem forças para ver quem será o primeiro colocado do Grupo I. O jogo será realizado no Estádio Cláudio Moacyr de Azevedo, com ingressos a R$ 1.

E o mais emocionado após o confronto diante do Floresta era justamente o presidente Teodomiro Bittencourt Filho, o Mirinho. Cercado por quase 200 torcedores, ele entrou em campo para cumprimentar todos os jogadores e os membros da comissão técnica. Neste domingo (18), o dirigente completou 63 anos de idade e o presente veio de forma antecipada.

- Foi o melhor presente dos últimos anos. Estão todos de parabéns por essa conquista inédita. Em 2008 vamos festejar 10 anos de profissionalismo e no lugar onde o clube já deveria estar há algum tempo: na elite do futebol carioca. Batemos na trave quatro vezes, mas agora não tem jeito: o Macaé Esporte é da Primeira Divisão - desabafou.

Outro torcedor ilustre marcou presença em Cambuci: o prefeito Riverton Mussi. Aliás, cumpriu a promessa de colocar o Macaé Esporte na Primeira Divisão do futebol do Rio de Janeiro.

- O sonho de todos nós está se realizando nesta tarde. Foi quase uma década para colocar o Macaé na elite e, finalmente, este dia chegou. Agora, vamos buscar o título da Segundona, para coroar esta belíssima campanha. Todos que contribuem direta ou indiretamente estão de parabéns. Principalmente Mirinho, que está nesta luta desde 1999 - disse o prefeito.

O jogo

E desde o início da partida estava definido que o dia 17 de novembro de 2007 ficaria para sempre na história do clube. Mesmo sabendo que o empate lhe garantiria na Primeira Divisão, o Macaé foi melhor no primeiro tempo e abriu o placar logo aos 3min. Fábio cruzou da esquerda e o lateral Márcio Rozário subiu para marcar de cabeça.

Logo depois, aos 6min, o Floresta teve um gol anulado. Willian recebeu livre na área e chutou na saída de Erivélton. Porém, o assistente número dois marcou impedimento. A partir daí, os macaenses passaram a controlar a bola e o time da casa só assustou aos 33min com Pipico, que completou cruzamento da direita. Mais uma vez Erivélton fez grande defesa.

Na etapa final, o Macaé teve a chance para ampliar novamente aos 3min. O atacante Roberto recebeu na área e chutou para a boa defesa de Mumu. Já os donos da casa chegaram ao empate aos 11min. O zagueiro Caboclo cobrou falta à esquerda da área e Pipico completou para o fundo das redes. O troco do alvianil praiano veio aos 19min com Fábio, em chute da entrada da área. A bola passou à esquerda de Mumu.

Nos minutos finais, o Floresta teve duas chances para virar o placar com Thiago. Aos 30, ele recebeu livre na área e o goleiro Erivélton fez bela defesa. No minuto seguinte, o atacante perdeu outro gol incrível, em chute cruzado de pé esquerdo já dentro da grande área. Bom para o Macaé, que administrou o empate em 1 a 1 e comemorou no gramado o tão sonhado acesso.

FICHA TÉCNICA
FLORESTA 1 X 1 MACAÉ ESPORTE
Árbitro: Alex Borges Pedro
Auxiliares: Marcelo da Silva Cardoso e Carlos Eduardo Teixeira Soares de Meirelles
Cartões amarelos: João Paulo, Caboclo, Willian e Pipico (FLO)
>> Floresta: Mumu; Tubarão, Caboclo, Raphael e João Paulo (Chibil); Vitor, Willian, Magal e Juninho; Léo (Thiago) e Pipico. Técnico: Marquinhos Curtição.
>> Macaé Esporte: Erivélton; Oziel, Alexandre, César e Márcio Rozário; Marcos Marins, Fábio, Steve e Wallacer (Flávio Santos); Geraldo (Márcio Gomes) e Roberto (Guilherme). Técnico: Tita.

Busca

Acesso Rápido

Destaque