Macaé reduz taxa e inicia transição para faixa amarela

2020-06-23 09:48:00 - Jornalista: Equipe Secom
Compartilhe:  
Nesta terça-feira (23) a taxa de ocupação de leitos SUS Covid-19 é de 61%

Macaé se prepara para iniciar nova fase no processo de flexibilização econômica. Com a redução da Taxa de Reprodução do Vírus de 1,5 para 1,3, o município percebe sinais positivos que permitirão a transição da faixa laranja (atenção redobrada) para a amarela (1,2-atenção). Nesta terça-feira (23) a taxa de ocupação de leitos SUS Covid-19 é de 61%.

"Melhorando os indicadores, na busca de um retorno consciente", declarou o prefeito de Macaé, Dr. Aluizio, referindo-se ao cálculo da Taxa de Reprodução do Vírus (R), que tem como variantes casos confirmados em determinado período de tempo. "Quanto mais próximo de um, menor o contágio entre as pessoas", destacou.

O município adotou, desde o início da pandemia, medidas preventivas para a contenção do coronavírus, bem como ampla frente de trabalho na área de saúde para atenção, cuidado e tratamento da população. Com o avanço dos trabalhos e alcance de melhores indicadores, Macaé vem aos poucos liberando o funcionamento de novos segmentos comerciais, além dos essenciais, mediante testagem da força de trabalho imediatamente envolvida.

Uma nova frente de testagem está em curso, em praças públicas, atendendo as comunidades. O mutirão de testagem já esteve no Aeroporto, está na Barra de Macaé e seguirá nesta, quinta e sexta-feira para a Aroeira. Na sequência, Lagomar, Malvinas, Nova Esperança, Nova Holanda e Centro.

Ontem, dia 22 de junho, o Centro de Triagem do Paciente com Coronavírus de Macaé atendeu 202 pessoas. O município registra 1.937 casos positivos, 1.291 recuperados e 68 óbitos. A taxa de letalidade é de 3,5%.

Busca

Acesso Rápido

Destaque