Macaé supera 18 mil testes realizados

2020-07-18 10:03:00 - Jornalista: Equipe Secom
Compartilhe:  
Foto: Bruno Campos
O Centro de Triagem realizou, em quatro meses, 18.639 atendimentos

Desde o início da pandemia, a Prefeitura de Macaé abriu frentes de testagem massiva, que já superam 18 mil testes para Covid-19 realizados. Foram 15.784 testes sorológicos e 2.234 RT PCR. O município destinou R$ 310.140,00 para testagem (Portal da Transparência).

A rotina diária de testagem acontece em alguns pontos da cidade. Testes sorológicos estão sendo realizados no Centro de Especialidades D. Alba, no Centro de Triagem e nos mutirões nas comunidades, como os já ocorridos nos bairros Aeroporto, Barra, Aroeira, Lagomar, Malvinas, Nova Holanda e Nova Esperança. O teste RT PCR acontece no Centro de Triagem e no Hospital Público Municipal (HPM).

Principal porta de acesso de pacientes com quadro sugestivo de coronavírus, o Centro de Triagem iniciou atividades em 17 de março e registrou até esta sexta-feira (17), 18.639 atendimentos (quatro meses). O Centro de Especialidades D. Alba, outra frente importante de testagem, cumpre o papel de receber sócios, proprietários, funcionários e colaboradores dos estabelecimentos liberados a funcionamento por meio de decretos municipais, além das pessoas indicadas pelo aplicativo Dados do Bem, fruto de uma cooperação técnica da Prefeitura de Macaé com o Instituto D`Or de Pesquisa e Ensino. (baixe aqui o app: na Play Store, para sistemas Android e na App Store, para sistemas iOS).

Os mutirões de testagem nas comunidades visam traçar perfil epidemiológico dos bairros, definindo, assim, estratégias de ações que respeitem as particularidades de cada localidade. Foram 7.151 testes aplicados somente nos bairros visitados.

As testagens permitem identificação rápida de casos e rastreamento de contatos para limitar a disseminação viral, contendo o avanço do novo coronavírus. A Organização Mundial de Saúde (OMS), recomenda que todos os casos suspeitos de coronavírus devem ser imediatamente isolados e testados. O órgão também defende que o isolamento social tem sido a ação mais eficaz até o momento para diminuir a transmissão do vírus.

Busca

Acesso Rápido

Destaque