Mopam promove piquenique no Dia das Crianças

2019-10-10 10:47:00 - Jornalista: Equipe Secom
Compartilhe:  
Foto: Rui Porto Filho - Arquivo Secom
Fauna e flora serão observados por pais e filhos neste sábado

O Parque Atalaia será o ponto de encontro de 150 crianças e seus pais, vinculados ao Motivados pelo Autismo Macaé (Mopam), no Dia das Crianças (sábado, 12), entre 11h e 15h, quando haverá piquenique e brincadeiras com teatro e animação do professor André de Carvalho.

Segundo uma das organizadoras do Mopam, Caroline Carneiro, esse movimento é coordenado por mães de filhos autistas residentes em Macaé. Ele tem o objetivo de divulgar informações sobre o autismo, promovendo a conscientização da sociedade macaense.

"Nossa meta é convidar as pessoas com ou sem deficiência para ocuparem espaços públicos, a fim de fazer uma sociedade mais inclusiva. Acreditamos que nossas ações para promover a interação social sejam imprescindíveis para a redução do preconceito", comentou Caroline. Atualmente, o Mopam conta com cerca de 400 famílias com crianças que vivem o Transtorno do Espectro Autista (TEA).

Ela ainda afirma que devido ao fato de o Parque Atalaia ser um local público e de excelente qualidade - com verde das árvores, numa interação com a natureza - o local foi escolhido para o evento. "O riacho de águas naturais, a exuberância de pássaros, entre outras atrações naturais, foram fundamentais para a efetivação da nossa atividade neste local", pontua Caroline.

Quem se interessar em conhecer o Parque Atalaia é só comparecer ao local entre 9h e 16h, de quarta-feira a domingo. Fica na estrada Macaé – Glicério, antes do distrito de Córrego do Ouro, seguindo sinalização. Para grupos acima de 15 pessoas, é necessário agendar pelo e-mail agendamento.atalaia@gmail.com.

História do Mopam

O Motivados pelo Autismo de Macaé (Mopam) foi criado em fevereiro de 2017 para divulgar informações sobre o Transtorno do Espectro Autista.

"Somos um movimento que existe de fato e não de direito, utilizamos as redes sociais para alcançar o maior público possível. Nem tudo é preconceito. Ainda não dispomos de sede. Nossas ações são divulgadas pelo Facebook, Instagram e grupos de WhatsApp. São coordenadas por mim e pela Lucia Anglada", disse Caroline.

O movimento também realiza palestras gratuitas de conscientização em escolas públicas e particulares, igrejas e empresas. Já os piqueniques do Mopam ou Mopaniques ocorrem três vezes ao ano (nas férias de janeiro, julho e o especial do Dia das Crianças). Ainda há o Arraiá do Mopam, o Natal Inclusivo e a Caminhada em prol da Conscientização do Autismo, que acontece em abril.

Busca

Acesso Rápido

Destaque