Museu tem Dia do Artesão e noite de autógrafos

2019-03-15 10:09:00 - Jornalista: Andréa Lisboa
Compartilhe:  
Foto: Andréa Lisboa
A programação musical foi adiada devido à chuva

Com auditório cheio, a professora doutora da rede de Educação de Macaé, Rossana Agostinho Nunes lançou na noite desta quinta-feira (14), durante o ‘Quintas no Museu’ o seu livro ‘Francisco Congo: As desventuras de um africano escravizado no Rio de Janeiro (Paço Editorial). A programação desta semana contou também com uma reunião com as artesãs que participam do projeto para traçar a programação anual. Elas foram homenageadas pelo Dia do Artesão, 19 de março, e ganharam um kit com livro sobre a história do município e CD com o hino.

A chuva de ontem fez com que os estandes de artesanato fossem recolhidos mais cedo. Por isso a programação musical também foi adiada. Mas mesmo com os contratempos, a produtora do evento, Claudia Barreto, que juntamente com o secretário Adjunto de Cultura, Bruno Ribeiro, conduziu a reunião, avaliou o encontro como muito produtivo.

"As artesãs sugeriram novo arranjo para os estandes e também decidimos montar um cronograma temático, seguindo datas comemorativas. Vamos providenciar uma decoração padronizada em tecido customizado e programamos ainda novos desfiles", disse Cláudia.

A partir das 19h, teve início uma palestra da professora Rossana Agostinho sobre o seu livro ‘Francisco Congo’ que foi seguida de sessão de autógrafos. A maioria do púbico foi formada por estudantes e pesquisadores da área de Humanas, especialmente do curso de História.

Rossana é Doutora em História Política pela UERJ, graduada e Mestre em História pela UFF. Em 2015, atuou por cinco meses como pesquisadora visitante no Centro Interdisciplinar de História, Culturas e Sociedades – Universidade de Évora, em Portugal. É autora do livro Nas Sombras da Libertinagem: Francisco de Melo Franco (1757-1822) entre Luzes e Censura no Mundo Luso-Brasileiro, publicado pela Multifoco em 2013.

O livro conta a história de um homem que foi escravizado e forçado a atravessar o Atlântico. Partindo deste personagem real, a história atlântica é contada com um roteiro interessante e linguagem apropriada a estudantes do segundo seguimento do Ensino Fundamental. ‘Francisco Congo: As desventuras de um africano escravizado no Rio de Janeiro, da Paço Editorial, já está disponível em sites de venda.

O ‘Quintas no Museu’, acontece semanalmente da 14h às 21h, no Solar dos Mellos, Rua Conde de Araruama, 248, no Centro. Mais informações pelo telefone (22) 2759-5049.

Busca

Acesso Rápido

Destaque