Nota oficial Educação - 19/10/2019

2019-10-19 10:07:00 - Jornalista: Equipe Secom
Compartilhe:  
Foto: Divulgação
Repúdio ao ocorrido no Colégio Municipal Professora Maria Isabel Damasceno Simão

A Secretaria Municipal de Educação vem a público esclarecer que nenhuma de nossas Unidades Escolares dissemina doutrinação ideológica, tampouco estimula os alunos a proferirem ofensas contra qualquer pessoa. Estimulamos sim, o senso crítico, o raciocínio, as boas práticas de convivência, o respeito mútuo e, acima de tudo, o compromisso com o ensino.

Sabemos que a escola é um espaço para o aluno ter contato com a diferença e é nesse meio de interação social que construímos seres questionadores.

Não admitimos o professor no papel de doutrinador político ou ideológico, mas sim intermediador de debates que levam à troca de experiências, o que corrobora assim para nosso país democrático.

O direito de livre manifestação em sala de aula é garantido pelo art. 206 da Constituição Federal de 1988 e reforçado pela Lei de Diretrizes e Bases da Educação, de 1996. Em ambos os casos, o que se pretende proteger é a liberdade de cátedra, que assegura a “liberdade de aprender, ensinar, pesquisar e divulgar o pensamento, a arte e o saber”.

Diante disso, repudiamos veementemente o ocorrido no Colégio Municipal Professora Maria Isabel Damasceno Simão, em relação ao assédio sofrido por seu Diretor.

Busca

Acesso Rápido

Destaque