Procuradora do Ministério Público do Trabalho ministra curso para a Educação

2019-10-07 17:05:00 - Jornalista: Elis Regina Nuffer
Compartilhe:  
Foto: Divulgação
Participam do curso servidores das redes públicas e privadas de Macaé e região

A procuradora do Ministério Público do Trabalho do Rio de Janeiro (MPT/RJ), Cirlene Luiza Zimmermann, esteve em Macaé, nesta segunda-feira (7), ministrando o segundo encontro do curso “Escolas: ambientes de trabalho e de vida saudável e seguros”, realizado pelo MPT/RJ, em parceria com a Secretaria Municipal de Educação de Macaé, por meio do Centro de Formação Carolina Garcia (CFCG), e o Centro de Referência em Saúde do Trabalhador da Baixada Litorânea (Cerest-BL), de Cabo Frio. “Amanhã o tema será discutido na Câmara Municipal de Macaé e a implantação no município do #AbrilVerde”, destacou a procuradora.

Ela também falou que Macaé será o município pioneiro em um concurso que será realizado entre as escolas mobilizando os alunos em torno do tema e as quatro unidades que apresentarem os melhores trabalhos, nos diferentes segmentos, serão premiadas com um tablet cada. Mestre em Direito pela Universidade de Caxias do Sul (UCS), a procuradora tirou as dúvidas dos participantes, ouviu relatos das experiências vividas por eles nas escolas em que trabalham e apontou os cenários ideais para alguns casos conforme prevê a legislação.

Participam do curso servidores das redes públicas municipal e estadual de Macaé e de outros municípios da região e também da rede privada que serão os multiplicadores do tema importante para escolas seguras e saudáveis, com base na Lei Federal 12.645/2012, implementando ações para marcar o Dia Nacional de Segurança e Saúde nas Escolas, que é quinta-feira, 10 de outubro

O curso começou no dia 16 de setembro e ainda há mais dois encontros, sempre às segundas-feiras, uma vez por mês, com duas turmas por dia, no turno da manhã, das 8h ao meio-dia e, à tarde, das 13h às 17h. A abertura foi em setembro com a psiquiatra e médica do trabalho Maria Christina Menezes, que falou sobre “Estruturação da Formação em Saúde do Trabalho e Segurança no Trabalho e o Estímulo à Capacitação e à Educação Continuada no Trabalho”. Ela confere todo apoio à realização e apresentação do curso, assim como Waldir Maurício de Aguiar Neto e o psicólogo clínico Pedro Rogério Ferreira da Silva.

Os próximos assuntos do curso serão com o técnico em segurança, Orlandino dos Santos, e o chefe da seção de Segurança e Saúde do Trabalhador da Superintendência Regional do Trabalho e Emprego do Rio de Janeiro, auditor fiscal e médico do trabalho, Narciso Guedes. Orlandino vai falar da sua experiência como idealizador do projeto Comissão Interna de Prevenção de Acidentes nas Escolas (Cipa nas Escolas), em Duque de Caxias, e do projeto de lei, também de sua autoria, que instituiu o Dia Nacional da Segurança e Saúde nas Escolas.

As atividades do curso são presenciais com duração total de 20 horas e os próximos encontros serão em 11 de novembro e 2 de dezembro.

Busca

Acesso Rápido

Destaque