Serra: novos equipamentos melhoram monitoramento da água

2019-01-22 11:11:00 - Jornalista: Tatiana Gama
Compartilhe:  
Foto: Maurício Porão
Acidez, turbidez, presença ou ausência de coliformes são avaliados

Para melhorar o monitoramento da qualidade da água distribuída à população da região serrana, a Secretaria Adjunta de Saneamento, ligada à Secretaria de Infraestrutura, adquiriu novos equipamentos. As amostras são coletadas em doze fontes de localidades como Glória (Sana), Palmital (Sana), Frade, Reta do Frade, Glicério, Óleo, Trapiche, Córrego do Ouro, Areia Branca, Bicuda Pequena e Bicuda Grande (nova e antiga).

As análises realizadas pelo Laboratório de Controle de Qualidade da Água estão todas liberadas para consumo. Os padrões seguem a portaria 05/2017, do Ministério da Saúde, que faz referências de potabilidade da água. O acompanhamento é periódico e, por mês, são analisadas cerca de 220 amostras.

De acordo com o engenheiro químico Carlos Renato Mariano, a qualidade da água segue medições como acidez, cor, turbidez, presença ou ausência de coliformes, entre outras. Os novos equipamentos irão abranger também as Estações de Tratamento de Água de Córrego do Ouro e Trapiche.

O monitoramento da água é feito por uma equipe formada por coletor, técnico em química, biólogo e engenheiro químico.

Busca

Acesso Rápido

Destaque