Secretaria de Ambiente e Sustentabilidade

Em 2018 ambiente devolve 349 animais a natureza

2018-12-27 16:05:00 - Jornalista: Equipe Secom
Compartilhe:  
Foto: Equipe Secom/Divulgação
Setor de Fauna da Secretaria de Ambiente atua em parcerias para a preservação animal

O Setor de Fauna da Secretaria de Ambiente e Sustentabilidade fez parceria com cinco órgãos federais, estaduais e municipais direcionada à preservação animal: Polícia Federal, Instituto Estadual de Ambiente (Inea), Marinha do Brasil, Centro de Tratamento de Animais Marinhos (CTA) e Guarda Ambiental da Prefeitura de Macaé. O resultado, entre outros, foi a captura e devolução ao habitat natural de 349 animais silvestres.

Ação conjunta aconteceu em relação à fiscalização do defeso da sardinha e do camarão para coibir atividades irregulares como a pesca predatória. Junto ao Inea e à Marinha do Brasil, o Setor fiscalizou a Lagoa de Imboassica e as praias macaenses também tratando do defeso e da pesca predatória, autuando redes com malha inferior ao permitido e os arrastões.

Entre os exemplos de animais marinhos que o CTA passa para o Setor de Fauna e vice-versa, o coordenador do Setor de Fauna Fernando Barreto citou Fragata, Atobás, Gaivota e Golfinho, entre outros. "A gente recebe solicitações sobre estes animais que podem estar vivos ou não; se machucados há reabilitação por parte do CTA", informa.

Com a Guarda Ambiental, o tratado é que esta resgata animais por todo o município e os entrega ao Setor de Fauna. Sobre seu trabalho, Fernando afirma que é gratificante. "Atuamos na região serrana, praias e lagoa para preservar a integridade dos animais, especialmente os que estão em extinção", conta ele.

Em 2018, foram resgatados e soltos no meio natural 349 animais silvestres, entre eles: macacos bugios, corujas (buraqueira e orelhuda), cobras das mais diferentes espécies (jibóia, cipó, coral, jararaca e d'água) siriema, capivara e outros. "Na sexta-feira (21), capturamos uma capivara no Farol Velho (praia Campista) e soltamos na Lagoa de Imboassica, no mesmo dia. Também na sexta, um jacaré-de-papo-amarelo , encontrado próximo à Fazenda Mutum, foi libertado em seu habitat natural", comenta Barreto.

Em parceria com o Inea, o Setor de Fauna protege também as tartarugas do Farol até a Barra e atua na retirada de colmeias e casas de marimbondos, quando em locais que possam oferecer risco à população.

Mais informações: (22) 2772-3571.

+ Mais Notícias
Busca

Destaque