Secretaria de Ambiente e Sustentabilidade

Parque do Barreto recebe 15 alunos de Biologia

2019-07-17 13:11:00 - Jornalista: Equipe Secom
Compartilhe:  
Foto: Maurício Porão
Trabalho une ecologia, conservação e educação ambiental

O Parque Municipal da Restinga do Barreto, mantido pela Prefeitura de Macaé, possui 15 alunos extensionistas oriundos do curso de Biologia do Instituto de Biodiversidade e Sustentabilidade (antigo Nupem, da Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ).

De acordo com o coordenador do Parque Municipal da Restinga do Barreto, o biólogo Henrique Abrahão Charles, para os parques terem tecnologia desenvolvida em sua estrutura, esses alunos extensionistas são primordiais.

"Para as Unidades de Conservação é importante a presença de estudantes de universidades fazendo extensão, tanto por meio das pesquisas feitas dentro dos parques, quanto para efetivar mais concretamente a educação ambiental - comenta.

O professor Rodrigo Lemes destaca que o trabalho une ecologia e conservação. "Queremos que todas as pessoas do entorno saibam da importância da Unidade de Conservação e tenham experiência com a natureza, de modo sustentável. O Parque do Barreto é de fácil acesso para nossos estudantes, por localizar-se em área urbana”, cita.

O estudante João Pedro Rangel (19) é extensionista no Parque do Barreto e está no segundo período. “Minhas experiências nessa Unidade de Conservação, localizada em área urbana de Macaé, têm sido múltiplas e edificantes, numa convivência diária com biólogos. Lá, nossa equipe orienta crianças e adolescentes de instituições de ensino públicas municipais”, elucida.

Já a estudante Suellen Guimarães, aluna do sexto período, também gosta da atividade de orientação a crianças e adolescentes. “Disciplinas como Zoologia e Ecologia, que tratam questão de flora e fauna, além de darem explicações sobre ambientes costeiros, são vividas na prática por nós extensionistas, quando desenvolvemos atividades nesse parque”, explica.

+ Mais Notícias
Busca

Destaque