Prefeitura Municipal de Macaé

Secretaria Adjunta de Defesa Civil

Eletricidade

Nos dias de hoje, é quase impossível viver sem eletricidade. Mas ela tem seus perigos: os incêndios e os choques elétricos. As causas são instalações ou aparelhos defeituosos, cabos rompidos e sobrecarga, ou seja, um excesso de aparelhos ligados à rede ou a uma mesma tomada.

Algumas dicas para evitar acidentes com eletricidade:

• Mantenhas as instalações e aparelhos elétricos de sua casa em bom estado. Combata ratos e baratas porque eles roem o isolamento dos fios.

• Nunca use mais aparelhos do que sua instalação comporta e nunca ligue mais de um aparelho em cada tomada. Evite "benjamins" porque são pecinhas muitos perigosas. Para mais detalhes, consulte a Ampla ou um eletricista por ela credenciado;

• Se na sua casa tem crianças e bebês, mantenha as tomadas com protetores;

• Ao sair de casa ou do escritório, desligue todos os aparelhos, tirando o plugue da tomada (puxando pelo plugue e não pelo fio). Não dê nós nem faça dobras em fios de ligação, porque com o tempo os fios metálicos internos se quebram.

• Mantenham tampadas as tomadas que não estão em uso para que as crianças não brinquem com elas;

• Na rua, algumas vezes, há cabos elétricos rompidos por acidente. Não chegue perto.

• Se houver pessoas feridas em contato com os cabos, só tente socorro se você tiver treinamento para isso;


Choques Elétricos

 

O choque elétrico, geralmente causado por altas descargas, é sempre grave, podendo causar distúrbios na circulação sangüínea e, em casos extremos, levar à parada cardiorespiratória.

• Em caso de choque, desligue a chave geral;

 

• Se tiver que usar as mãos para remover uma pessoa, envolva-as em jornal ou em saco de papel;

• Empurre a vítima para longe da fonte de eletricidade com um objeto seco, não condutor de corrente, como um cabo de vassoura, tábua, corda seca, cadeira de madeira ou bastão de borracha;

• Se a pessoa estiver consciente, deite-a de costas, com pernas elevadas. Se estiver inconsciente, deite-a de lado;

• Se necessário, cubra a pessoa com um cobertor e mantenha-a calma;

• Procure ajuda médica imediata.

 

 

 

Busca

Destaque